"Song For Someone" 360 Version

Anúncios

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A canção que Bono compôs utilizando o violão de sua........ sogra!

Livro U2 BY U2:
BONO: Ao dirigir pela auto-estrada em El Salvador, vimos um corpo na pista, que teria sido atirado de um carro. As pessoas simplesmente desapareciam. Se você fosse parte da oposição, provavelmente você encontraria um carro esportivo utilitário com os vidros escuros, estacionado do lado de fora da sua casa, só para que você soubesse que eles estavam te vigiando. Se isso não te fazia parar, eles ocasionalmente viriam para te matar. Não havia julgamento. As mães queriam saber onde seus filhos estavam enterrados. O mesmo aconteceu no Chile; exatamente o mesmo plano para espalhar o terror e tendo o mesmo apoio: os Estados Unidos da América. Essa música significa para mim tanto quanto todas as outras do álbum, e está ali para mim. Eu escrevi 'Mother Of The Disappeared' usando o violão da minha sogra para essas lindas mulheres portando as fotos de seus filhos e filhas desaparecidos.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

As gravações de "All That You Can't Leave Behind" - Video

Especial de 10 minutos de duração sobre o álbum 'All That You Can't Leave Behind', lançado pelo U2 no ano 2000.
O programa traz Bono falando sobre antigos sucessos do U2, sobre seus projetos sociais e sobre a apresentação da banda no Live Aid, além de um trecho raro de uma gravação pro shot da banda tocando 'Sweetest Thing' ao vivo, com uma orquestra no palco.
Também mostra Bono (com um microfone e um laptop aberto), Edge e Daniel Lanois gravando vocais no estúdio para as canções 'Walk On' e 'Stuck In A Moment'.
Não contém legendas em português.



Detalhe: Bono mostra em seu laptop uma das letras feitas para o álbum, e é de uma canção que não entrou em 'All That You Can't Leave Behind'. Permanece inédita e desconhecida.

Out of the blue out of the - -
Out of range out of striking distance
Off the wagon on the smokes
Off the canvas On the ropes
Out of sorts out of smokes
Out of laughter fear of jokes

Out of range of where you thought you might be
Daddy go home
Out of me out of you
Out of reach of rescue
Out of the reasons I left you
Out of smokes out of jokes
Out of punches on the ropes

Out of luck out of time
Out of change and at the end of the line

De Metallica à U2, todos saúdam Phil Lynott

Marcando os 25 anos da morte de Phil Lynott, a revista Hot Press lançou uma edição especial, contando com depoimentos de artistas que trabalharam com o frontman do Thin Lizzy ou foram influenciados por seu trabalho. Participam da homenagem Slash (Velvet Revolver), Joe Elliott (Def Leppard), James Hetfield (Metallica) e Bono (U2), entre outros. Também marcam presença ex-companheiros como Eric Bell, Scott Gorham, Brian Downey e Brian Robertson.
O vocalista e guitarrista do Metallica refletiu sobre a morte de Lynott: “Foi um daqueles momentos realmente tristes. Você se pergunta porque Deus levaria alguém tão talentoso. Mas há um propósito para tudo. Ele passou por todas as batalhas que escreveu. Químicas, étnicas, enfim, todas soam mais verdadeiras ainda hoje em dia. Depois que enfrentei minha dependência, passei a entender suas letras e pensar, agora entendo o que ele queria dizer. Adoro isso”.
“Ele era um frontman incrível”, declarou Bono. “Aquela habilidade musical e lírica misturada com atitude de showman e estilo. Se essa é a sua definição de Rock and Roll, não há ninguém que supere Philip Lynott. Ele está no topo”.

Do site: http://whiplash.net/materias/news_854/125238-thinlizzy.html

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Uma crítica à ganância na turnê ZOO TV

"A ganância é um bem."(Margaret Thatcher)
Em uma das fases da turnê Zoo TV do U2, Bono aparecia no palco como 'Mirrorball Man', que tratava-se de um pastor evangélico maníaco pregador, mais interessado em dinheiro e fama do que propriamente na salvação da alma. Era o momento da canção 'Desire', e enquanto Bono jogava notas de dinheiro (Zoo Dollar) na platéia, os telões mostravam imagens de Richard Nixon, Margaret Thatcher, Paul Gascoigne (jogador de futebol inglês, com problemas relacionados à drogas e álcool) e Jimmy Swaggart ; como uma crítica à ganância.
Não há dúvidas que o personagem 'Mirrorball Man' é baseado em Jimmy Swaggart, pastor televangelista que tinha um programa de televisão, exibido em todos os continentes. Imoral e falso. No mesmo dia que pregava sermões contra a imoralidade, pagava os serviços de prostitutas. Gostava muito de sexo. E claro, o dinheiro dos fiéis, lhe dava um padrão de vida de milionário. Desmascarado, o Pastor Swaggart chorou publicamente em seu programa. Tais lágrimas, não impediram a queda vertiginosa das doações de seus fiéis.

Por dentro de 'Everlasting Love'

Muitos artistas já interpretaram a canção 'Everlasting Love', escrita por Buzz Cason e Mac Gayden na década de 1960.
Cason acredita que pode ter tirado a frase "amor eterno" à partir do versículo bíblico Jeremias 31.3 que começa assim: "Sim, eu vos tenho amado com um amor eterno".
A canção foi gravada originalmente pela primeira vez em 1967 pelo cantor de soul Robert Knight.

Em 1989, o U2 lançou sua versão da canção como Lado B do single de 'All I Want Is You'. Ela foi gravada no STS Studios em Dublin.
Paul Barret foi o engenheiro de som da canção, além de cuidar da mixagem e tocar piano na gravação.
A sessão de gravação do U2 foi bem descontraida, e uma risada de Bono ficou registrada em 1 minuto e 39 segundos da gravação.

The Edge inicia a canção com um poderoso som de violão, e a banda mostra extrema energia ao longo da música.
Ian Bryan foi o assistente no estúdio.
Em 1999, esta regravação do U2 fez parte da trilha sonora do filme 'Forças Da Natureza', e em 2003, a canção foi escolhida para fazer parte da trilha do filme 'O Custo da Coragem'.
O filme mostra a história real de uma jornalista que em 1996 escreveu uma matéria sobre os barões do crime e os traficantes de drogas mais poderosos de Dublin. Uma heroína que tem família, que gosta de jogar futebol com o filho pequeno, que dança Everlasting Love na versão do U2, com o marido e o filho antes de dormir.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Primeiro álbum solo de Robbie Robertson lançado em 1987, teve participação do U2


Trecho do livro U2 BY U2:
Edge: Danesmoate era uma casa com estilo georgiano no campo, mas já tinha sido feita uma reforma no grande salão principal e este ficou com o teto com o dobro da altura, ficando com uma grande sonoridade. Quando você escuta esse grande som da bateria no The Joshua Tree, é o som daquela sala.
Danesmoate tinha uma grande atmosfera criativa, mas nos deu alguns problemas com a sonoridade.
O Daniel Lanois já tinha concordado em produzir o primeiro disco solo de Robbie Robertson , e o cantor estava procurando por alguns sinais e decidiu que Dublin era um bom lugar para se procurar. Nós éramos grandes fãs do The Band e ficamos honrados com a ajuda. Durante vários dias, o Danny e o Robbie gravaram duas músicas com a gente.


Sweet Fire of Love: Drums: Larry Mullen, Jr. Bass: Adam Clayton. Guitar, solo: The Edge. Vocals, bass: Bono. Background Vocal, Percussion: Daniel Lanois. Vocal, Guitar, Solo: Robbie Robertson.



Testimony: Drums: Larry Mullen Jr. Bass: Adam Clayton. Guitar: The Edge. Background Vocal: Bono. Bass, Percussion: Daniel Lanois. Guitar: Bill Dillon. Background Vocal: Ivan Neville. Gil Evans Horn Section: Arranged by Gil Evans assited by Peter Levin. Vocal, Keyboard, Guitar: Robbie Robertson.



Produced by Daniel Lanois and Robbie Robertson. Recorded at U2 Movile Unit, Danesmote, Dublin Ireland.

Confirmado: U2 tocará no Glastonbury 2011

Agora é oficial: o U2 se apresentará no festival de Glastonbury no próximo verão europeu, após ter sido excluído da programação no último minuto em 2010 devido a uma lesão que o líder do grupo, Bono, sofreu nas costas.

O quarteto confirmou nesta quarta-feira sua participação no próximo festival na localidade de Somerset, no sudoeste da Inglaterra, do qual será a atração principal ao lado de Beyoncé e Coldplay.
"Depois da decepção de o U2 não poder apresentar-se no ano passado, agora estamos duplamente ansiosos com a perspectiva do grupo romper a barreira do som na noite de sexta-feira", disse o organizador de Glastonbury, Michael Eavis.
A banda tocará no palco "Pyramid" na sexta-feira, 24 de junho, segundo anunciou o guitarrista da banda, The Edge, durante a entrega dos prêmios musicais da revista "NME".
Edge apresentou o prêmio "Melhor Festival" através de um vídeo para Michael e Emily Eavis do Glastonbury Festival - e confirmou que o U2 tocará no festival neste verão.
Apesar de o grupo não ter se apresentado na última edição do Glastonbury por conta dos problemas físicos de Bono, o guitarrista subiu ao palco do festival como convidado da banda Muse.
"Tenho que admitir que há algo de realmente especial e único nesse palco. Portanto, estamos todos ansiosos por voltar e retomar onde eu parei. E estamos mais que emocionados e loucos para tocar diante do maior público de festival do mundo."
Edge ainda acrescentou: "Glastonbury é mais um modo de vida do que um festival. No ano passado eu consegui chegar para o show da sexta-feira: consegui tocar com o Muse, curtir o festival, comer um hambúrguer vegetal com fritas e tocar no palco Pyramid."
Criador de gado leiteiro, o inglês Michael Eavis, que já está na casa dos 70 anos, desenvolveu Glastonbury, que começou como pequeno festival de música que não cobrava ingressos e converteu-se em um dos maiores eventos do calendário pop, atraindo alguns dos maiores artistas e bandas e recebendo cerca de 150 mil fãs pagantes, que dormem em barracas na própria fazenda Glastonbury.


Via: http://www.terra.com.br/ - http://www.globo.com/  - www.u2br.com

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

The U2 File - A Hot Press U2 History






Livro importado 'The U2 File - A Hot Press U2 History', lançado em 1985 pela Omnibus Press. Importado, acabamento em brochura, inglês, fora de catálogo. Raro

Paperback: 164 pages
Publisher: Omnibus Press (23 Sep 1985)
Language English
ISBN-10: 0711907609
ISBN-13: 978-0711907607
Product Dimensions: 26.9 x 20.6 x 0.8 cm

O livro editado por Niall Stokes traz uma compilação de artigos sobre o U2 que foram publicados na 'Hot Press' entre 1978 e 1985. O livro traz centenas de fotos da banda neste período, muitas delas inéditas.

Os documentários de 'Leni Reifenstahl' que foram utilizados nas aberturas da parte européia da ZooTV Tour, em 1993

Quando a turnê ZooTV foi para a Europa, já como 'Zooropa Tour'; o U2 modificou a abertura do show.
Ned O'Hanlon e Maurice Linnane da Dreamchaser (produtora de vídeos), utilizaram imagens de propaganda nazista do filme 'Triumph Of The Will' de Leni Reifenstahl, e também de 'Olympia', que precediam o início da canção 'Zoo Station'. Foram utilizadas também várias imagens sobre guerra.

Triumph Of The Will é um dos filmes de propaganda política mais conhecidos na história do cinema, com grande reconhecimento das técnicas utilizadas por Riefenstahl, que depois passaram a influenciar filmes, documentários e comerciais.
O filme mostra muitos membros do Partido Nazista assim como soldados marchando ao som de música clássica, cantando, jogando e cozinhando; também inclui trechos sonoros de discursos dados por vários conselheiros para Adolf Hitler, e porções de discursos do próprio Hitler. O filme tenta mostrar como os alemães mostravam sua lealdade a pessoa de Hitler.
Por este filme Riefenstahl recebeu uma medalha de ouro na Feira Mundial de Paris em 1937, também recebeu premiações nos Estados Unidos e Suécia. O filme está banido na Alemanha.
Olympia é um filme de propaganda de 1938 também de Leni Riefenstahl documentando os Jogos Olímpicos de Verão de 1936. Muitas técnicas avançadas de cinema foram usadas, que mais tarde tornariam-se os padrões industriais mas que eram fenomenais na época, como ângulos incomuns de câmera, técnicas de edição avançadas, close-ups extremos entre outras coisas. As técnicas usadas são quase universalmente admiradas, mas o filme é controvérsio devido ao seu conteúdo político.
Há muita discussão se este filme deve ser considerado um filme de propaganda política para o Partido Nazista, como o seu 'Triumph Of The Will', que inquestionavelmente é. Apesar de todo Jogos Olímpicos de Verão em Berlim de 1936 serem chamados de "Olímpiada de Hitler" e ser inquestionvalmente dirigido aos feitos do Terceiro Reich, o que por si só já daria um bom filme de propaganda política, os defensores de Riefenstahl lembram da aproximação que faz ao filmar o rosto de Hitler diante da vitória de Jesse Owens, um afro-americano, ganhando uma medalha de ouro, diferenciando-se da doutrina de supremacia racial nazista. Outros vencedores não-arianos são mostrados também. Se não fosse pela bem-documentada conexão a Hitler e outras figuras nazistas durante o filme, provavelmente haveria muito menos controvérsia em torno deste filme.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Anunciado o lançamento da trilha sonora do filme 'Killing Bono'

No dia 28 de março de 2010, será lançado no Reino Unido e EUA, em CD e para download digital, uma trilha para 'matar Bono': Killing Bono - The Original Soundtrack Album.
Killing Bono é a comédia rock n roll aclamada pela crítica, baseado na história verídica de dois irmãos irlandeses que lutam para forjar seu caminho através da cena musical da década de 80, enquanto a meteórica ascensão à fama de seus antigos amigos da escola, o U2, serve apenas para lançá-los profundamente nas sombras.
Killing Bono será lançado nos cinemas pela Paramount Pictures no Reino Unido e Irlanda, em 01 de abril.
Muito mais do que uma trilha sonora, o álbum apresenta oito novos arranjos originais escritos pelo compositor nomeado ao Grammy, Joe Echo, que foram executadas e gravadas por Ben Barnes, Robert Sheehan e os atores que retratam Neil e Ivan McCormick no filme.
O álbum também inclui uma faixa exclusiva e inédita, intitulada 'Street Mission', escrita pela primeira encarnação do U2, o The Hype, e regravada para esta trilha sonora por Martin McCann (que interpreta o Bono no longa) e pela banda que retrata o The Hype no filme.
Killing Bono documenta a ascensão do U2 desde seu primeiro show como The Hype ao auge de sua fama como a maior banda do mundo, e Street Mission é acompanhada na trilha sonora pelo clássico original do U2, I Still Haven't Found What I'm Looking For, do clássico álbum de 1987, The Joshua Tree, onde seu lançamento é o clímax do filme.
Outras faixas incluem a gravação original de 1987 de 'Stop The World' do Shook Up! (banda de Neil e Ivan retratada em Killing Bono), o vocalista do Live, Ed Kowalczyk, com 'The Great Beyond', tirada do seu primeiro álbum solo, e também canções do 'score' do filme, pelo ganhador do Academy Award' e compositor britânico, Stephen Warbeck.
Duas músicas, Some Kind Of Loving e Sleepwalking, trazem as letras originais do Shook Up!, com a música retrabalhada por Joe Echo.
Para coincidir com o lançamento no cinema de 'Killing Bono' e o CD e a liberação do download digital do álbum da trilha sonora, uma reedição da memória de Neil McCormick 'I was Bono’s Doppelganger' será lançado em 31 de março, com uma arte de capa nova e material adicional. O livro será remontado agora como 'Killing Bono'.

Traduzido do blog oficial: http://killingbonoblog.com/

Os três eventos do videoclipe de 'Miss Sarajevo'

Dirigido por Maurice Linnane, o videoclipe de 'Miss Sarajevo' foi filmado no Parco Novi Sad, Modena, Itália, e em Sarajevo, na Bósnia.
O vídeo é uma montagem de três eventos diferentes: o concurso de beleza descrito na canção, que aconteceu em Sarajevo em plena guerra (Guerra da Bósnia), o desempenho original da canção no concerto 'Pavarotti and Friends' em 1995, e um passeio através das ruas de Sarajevo, devastada pela guerra, sob fogo das tropas nas proximidades.

U2 é citado no livro 'Alta Fidelidade', de Nick Hornby

High Fidelity (Alta Fidelidade) é um livro do escritor Nick Hornby, lançado em 1995.
O livro narra a história do dono de uma loja de música à beira da falência que apenas vende discos em vinil. Azarado no amor e ao mesmo tempo uma enciclopédia ambulante sobre música pop, os caminhos da vida terminam por levá-lo a analisar suas escolhas e prioridades, fazendo com que alcance a maioridade.
Em um capítulo do livro, o personagem cita os cinco primeiros grupos ou músicos que terão que ser fuzilados quando a revolução musical chegar. E são eles:

1) Simple Minds
2) Michael Bolton
3) U2
4) Bryan Adams
5) Genesis

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

The Edge fala sobre 'Captive'

Do livro U2 BY U2:
Edge: Eu tive algum tempo (1986) antes que todos voltassem ao trabalho e decidi procurar um projeto que me envolvesse em novas áreas da composição musical. Paul nos recomendou e conseguimos uma oferta para montarmos a trilha sonora de um pequeno filme inglês chamado Captive. O roteiro era muito bom, mas o filme não correspondeu às expectativas. Eu pedi que Michael Brook, um guru técnico canadense que eu conheci através de Eno e Lanois, colaborasse comigo. Eu trabalhei com alguns demos em casa e depois Michael e eu passamos algumas semanas em Windmill Lane gravando, mixando e combinando as músicas com as imagens. Nós gravamos uma música com uma cantora bastante jovem chamada Sinead O’Connor. Foi uma mudança muito bem vinda do trabalho com a banda, e eu fiz algumas descobertas que trouxe comigo, uma delas foi na verdade uma invenção de Michael Brook, a guitarra Infinite, que foi uma parte muito importante do próximo álbum do U2.

O projeto de som do Captive ficou distorcido e eu fiquei no telefone conversando com os técnicos em Londres, tentando consertar isso.

Fez/Zooropa/City Of Blinding Lights

A estendida introdução para a canção 'City Of Blinding Lights' com samplers misturados das canções 'Fez' e 'Zooropa'.
O U2 apresentou esta novidade no show realizado na Cidade Do Cabo, África Do Sul, pela turnê 360°.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Get On Your Boots (Rainbow People Remix)

Nos dois shows realizados pelo U2 na África Do Sul pela turnê 360°, a banda entrou no palco ao som de um remix da canção 'Get On Your Boots', que conta com a participação do coral gospel de Soweto.
A faixa foi originalmente remixada por um grupo de DJ's conhecidos como 'Fish Out Of Water', e mais tarde este remix foi reeditado com a adição do Soweto Gospel Choir, em uma versão feita para ser utilizada nos vídeos promos do canal ESPN, para divulgação da Copa Do Mundo 2010. Agora é conhecido como 'Rainbow People Remix':

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Em show na Cidade Do Cabo pela turnê 360°, U2 apresenta nova introdução para 'City Of Blinding Lights'

O show do U2 na Cidade Do Cabo, no Cape Town Stadium, pela turnê 360°, à pedido da banda, teve transmissão ao vivo pelas rádios sul-africanas KFM 94.5 e Highveld 94.7, que também foram acessadas em streaming pela internet no mundo todo. Assinantes do site oficial puderam ouvir a transmissão do show no u2.com
O site dstv.com também transmitiu o concerto, apenas para o continente africano.
No concerto, assim como em Joanesburgo, a banda entrou no palco ao som de um remix de 'Get On Your Boots',  denominado 'Rainbow People', que conta com a participação do Soweto Gospel Choir.

Antes disso, a canção que tocou no PA do estádio marcando o ínicio do espetáculo, foi 'One Day Like This', da banda inglesa Elbow. E novamente, a canção 'Space Oddity', de David Bowie, não foi tocada para a banda entrar no palco.
Mas o mais provável é que já à partir dos shows na América Do Sul, a música de Bowie e a canção 'Return Of The Stingray Guitar' voltem à compor a abertura dos shows da turnê.

'I Still Haven't Found What I'm Looking For' teve a participação de uma cantora local, chamada Yvonne Chaka Chaka, que também acompanhou a banda na cover de Stand By Me (executada na íntegra pelo U2, em vez de utilizá-la apenas como snippet).


A grande surpresa da noite veio na transição de Miss Sarajevo para City Of Blinding Lights. O U2 utilizou uma nova e estendida introdução, que traz samplers misturados das canções 'Fez' e 'Zooropa'.
Foi a primeira vez que 'Fez', canção do álbum 'No Line On The Horizon', apareceu na turnê, mesmo sendo uma pré-gravação tocada no sistema de som.
A canção 'Zooropa' só foi tocada três vezes ao vivo até hoje, no ano de 1993, e também valeu o fato de estar sendo lembrada pela banda.
Nos últimos shows do ano de 2010, a frase 'what do you want' da canção, já vinha sendo utilizada na intro para 'City Of Blinding Lights':

Vídeos das chamadas dos especiais do U2 na Globo News

O canal à cabo 'Globo News' vem veiculando comerciais para divulgar os especiais da 'Semana U2', que vai acontecer em abril na programação.
Cada 'promo' utiliza uma imagem de um videoclipe do U2, e os programas à serem exibidos serão: Almanaque, Arquivo N, Globo News Documento e Starte.

A personagem Lois Lane 'endeusa' Bono, no seriado Smallville

No 6º episódio da 10º temporada do seriado Smallville, Clark  pergunta à Lois se é difícil para ela assimilar o fato de namorar um alienígena. Lois responde: "Você está brincando? É como namorar algum tipo de deus....... ou o Bono!".

Smallville conta a trajetória de Clark Kent (Tom Welling) , um adolescente, não fosse seus poderes especiais. A ideia central da série é mostrar como seria a vida do homem de aço e toda a sua trajetória se a sua nave tivesse caido na Terra nos tempos atuais, mesclando a modernidade do século XXI, como elementos e valores antigos, ja conhecidos por todos referente ao universo do Superman.
Erica Durance faz o papel da futura repórter Lois Lane.



sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Original Of The Species - Tradução

Do álbum de 2004, 'How To Dismantle An Atomic Bomb'
Original Of The Species - Original Da Espécie

Baby slow down
Meu bem, vai com calma

The end is not as fun as the start
O fim não é tão divertido como o começo

Please stay a child somewhere in your heart
Por favor permaneça uma criança em algum lugar do seu coração

I'll give you everything you want
Eu te darei tudo que você quiser

Except the thing that you want
Exceto a coisa que você quer

You are the first one of your kind
Você é a primeira do seu tipo

And you feel like no-one before
E você sente como ninguém antes

You steal right under my door
Você rouba bem debaixo de minha porta

I kneel ‘cos I want you some more
Eu me ajoelho porque te quero um pouco mais

I want the lot of what you got
Eu quero muito do que você tem

And I want nothing that you're not
E eu não quero nada que você não seja

Everywhere you go you shout it
Todo lugar que você vai você grita

You don't have to be shy about it
Você não precisa ter vergonha disso

Some things you shouldn't get too good at
Em algumas coisas você não deve ficar tão boa

Like smiling, crying and celebrity
Como sorrir, chorar e em ser celebridade

Some people got way too much confidence baby, baby
Algumas pessoas se tornam muito confiantes, meu bem, meu bem

I'll give you everything you want
Eu te darei tudo que você quiser

Except the thing that you want
Exceto a coisa que você quer

You are the first one of your kind
Você é a primeira do seu tipo

And you feel like no-one before
E você sente como ninguém antes

You steal right under my door
Você rouba bem debaixo de minha porta

I kneel ‘cos I want you some more
Eu me ajoelho porque te quero um pouco mais

I want the lot of what you got
Eu quero muito do que você tem

And I want nothing that you're not
E eu não quero nada que você não seja

Everywhere you go you shout it
Todo lugar que você vai você grita

You don't have to be shy about it, no
Você não precisa ter vergonha disso, não

(Here's the fall)
(Aqui é a queda)

Sugar come on, show your soul
Docinho, vamos lá, mostre sua alma

You've been keeping your love under control
Você tem mantido seu amor sob controle

Everywhere you go you shout it
Todo lugar que você vai você grita

You don't have to be shy about it (no)
Você não precisa ter vergonha disso, não

Everywhere you go you shout about it
Todo lugar que você vai você grita sobre isso

Oh my my
Oh minha... minha

And you feel like no-one before
E você sente como ninguém antes

You steal right under my door
Você rouba bem debaixo de minha porta

I kneel ‘cos I want you some more
Eu me ajoelho porque te quero um pouco mais

I want you some more, I want you some more…
Eu te quero um pouco mais, eu te quero um pouco mais...

(Oh no, oh no, oh no)
(Ah não, ah não, ah não)

O diretor Jonas Akerlund comenta sobre o video de 'Beautiful Day'

O videoclipe de Beautiful Day foi dirigido por Jonas Akerlund e filmado no Aeroporto Charles De Gaulle, Paris, em agosto de 2000.



"O U2 convidou-me para ouvir o álbum antes mesmo de terminarem ele. Foi fantástico acompanhar o processo e desenvolver o vídeo com a banda. Nunca me senti tão próximo e envolvido em um lançamento. Tivemos muitas discussões e direções antes de todos nós concordamos em um vídeo-performance no aeroporto Charles de Gaulle. A capa do álbum foi feita no novo terminal 5 e era um espaço perfeito para filmar o vídeo. Tivemos uma excelente localização, uma canção sensacional e a melhor banda de rock no mundo. Não poderia dar errado. E então, uma semana antes de nossa sessão, o último Concorde partiu de Paris e tragicamente caiu à menos de um quilômetro de distância do aeroporto. Tudo mudou. Burocracia em todo o aeroporto, e as filmagens tornaram-se uma luta. Minha equipe e eu estávamos correndo como um louco com a banda durante dois dias. Assim como as crianças correndo de adultos para conseguir nossa gravação. Dois dias de duração e 100 rolos de filme. Nunca antes ou depois, eu trabalhei com uma banda disposta a passar por aquilo que fizemos para a arte de um vídeo. Um momento memorável, e um vídeo memorável. " - Jonas Akerlund

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

U2 libera transmissão ao vivo via rádio, do show na Cidade Do Cabo pela turnê 360º

A 94,5 Kfm (rádio da África Do Sul) vai transmitir o concerto do U2 nesta sexta-feira à noite ao vivo!
O pedido de transmissão ao vivo veio diretamente do U2, que querem compartilhar a experiência de um concerto na Cidade do Cabo com o maior número de pessoas possível - é uma verdadeira honra!
O show acontece às 9:15PM (17:15 no horário oficial de Brasília).
Para ouvir a transmissão broadcasting online do show amanhã, acesse o site: http://www.kfm.co.za/index.asp

Link da matéria: http://www.kfm.co.za/kcommunity/events/U2_2011/main.asp

Bono se encontra com presidente da África do Sul

Bono, líder da banda U2, se reuniu nesta quinta, 14, com o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, na residência presidencial em Cape Town. O cantor, que está apresentando sua turnê pelo país, presenteou Zuma com um Ipod vermelho, produto que tem seu lucro revertido para uma organização que combate a aids.

Fonte: Ego

Lemon - Tradução

Do álbum Zooropa, de 1993
Lemon
Limão

See through in the sunlight
Veja através da luz do sol

She wore lemon
Ela vestia limão

But never in the daylight
Mas nunca na luz do dia

She's gonna make you cry
Ela vai te fazer chorar

She's gonna make you whisper and moan
Ela vai te fazer sussurrar e gemer

And when you're dry
E quando você estiver seco

She draws her water from the stone
Ela vai tirar sua água da pedra

And I feel
E eu sinto

Like I'm slowly, slowly, slowly slipping under
Como se estivesse lentamente, lentamente, lentamente deslizando

And I feel
E eu sinto

Like I'm holding onto nothing
Como se eu estivesse segurando em nada

She wore lemon
Ela vestia limão

To colour in the cold grey night
Para colorir a noite cinzenta gelada

She had heaven
Ele tinha o paraíso

And she held on so tight
E ela segurou com muita firmeza

A man makes a picture
Um homem faz um retrato

A moving picture
Um retrato em movimento

Through the light projected
Através da luz projetada

He can see himself up close
Ele pode ver à ele mesmo mais perto

A man captures colour
Um homem captura cores

A man likes to stare
Um homem gosta de observar

He turns his money into light to look for her
Ele transforma seu dinheiro em luz para procurar por ela

And I feel
E eu sinto

Like I'm drifting, drifting, drifting from the shore
Como se estivesse derivando, derivando, derivando da margem

And I feel
E eu sinto

Like I'm swimming out to her
Como se eu tivesse nadando para fora dela

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

Lemon
Limão

See through in the sunlight
Veja através da luz do sol

A man builds a city
Um homem constrói uma cidade

With banks and cathedrals
Com bancos e catedrais

A man melts the sand so he can
Um homem derrete a areia, então ele pode

See the world outside
Ver o mundo lá fora

You're gonna meet her there
Você vai encontrá-la lá

A man makes a car
Um homem faz um carro

She's your destination
Ela é seu destino

And builds a road to run them on
E constrói uma estrada para correr com ele

You gotta get to her
Você precisa chegar até ela

A man dreams of leaving
Um homem sonha em deixar

She's imagination
Ela é imaginação

But he always stays behind
Mas ele sempre fica para trás

And these are the days
E estes são os dias

When our work has come assunder
Quando nosso trabalho tem que ser dividido

And these are the days
E esse são os dias

When we look for something other
Quando nós olhamos para algo diferente

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Hey, won't you come in?)
(Ei, você não vai entrar?)

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Hey, won't you come in?)
(Ei, você não vai entrar?)

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Midnight... hey there summer love)
Meia-noite.... ei, ali o verão do amor

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Midnight... sound your pipe there pete)
Meia-noite, ali o som da sua flauta

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Midnight... the day begins in love)
Meia-noite... o dia começa no amor

Midnight is where the day begins
Meia-noite é onde o dia começa

(Midnight is where the day begins)
Meia-noite é onde o dia começa

A man makes a picture
Um homem faz um retrato

A moving picture
Um retrato em movimento

Through the light projected
Através da luz projetada

He can see himself up close
Ele pode ver à ele mesmo mais perto

You're gonna meet her there
Você vai encontrá-la lá

A man captures colour
Um homem captura cores

She's your destination
Ela é seu destino

A man likes to stare
Um homem gosta de observar

There's no sleeping there
Não há ninguém dormindo lá

He turns his money into light
Ele transforma seu dinheiro em luz

To look for her
Para procurar por ela

She's imagination
Ela é imaginação

Lemon
Limão

She is the dreamer
Ela é a sonhadora

She's imagination
Ela é imaginação

She had heaven
Ela tinha o céu

Through the light projected
Através da luz projetada

He can see himself up close
Ele pode ver à ele mesmo mais perto

Heaven is tilting
O céu é inclinado

She wore lemon........
Ela vestia limão.......

The Edge: Pós-Punk - Playlist

The Edge: 'pós-punk é uma época que foi muito educativa para mim. Eu tinha 15 anos em 1976. Eu só peguei o fim da cauda do punk, mas esta foi a música que causou um impacto em mim, nos anos setenta e início dos anos oitenta. Foi um momento em que todo o mundo da música estava sendo virado de cabeça para baixo e deu uma boa sacudida. Animou muita gente à começar fazer música pela primeira vez. Contudo, esses registros também teve um efeito galvanizador sobre as pessoas que já estavam em bandas e tiveram que reavaliar à si mesmos e tentar algo diferente. Estávamos à procura de novas formas de utilização de instrumentos como a guitarra de rock, mas não na tradição do blues'.

Veja a lista de 19 canções punk's escolhidas por The Edge em matéria para a 'Rolling Stone':


1."Fiction Romance" Buzzcocks, 1978
2."The Light Pours Out of Me" Magazine, 1978
3. "A Forest" The Cure, 1980
4."Don't Worry About the Government" Talking Heads, 1977
5."Into the Valley" The Skids, 1979
6."Party Fears Two" The Associates, 1982
7."She's Lost Control" Joy Division, 1979
8."Ex Lion Tamer" Wire, 1977
9."Reward" The Teardrop Explodes, 1981
10."Seven Minutes to Midnight" Wah! Heat, 1980
11."Teenage Kicks" The Undertones, 1978
12."Public Image" Public Image Ltd., 1978
13."Dream Baby Dream" Suicide, 1979
14."Non-Alignment Pact" Pere Ubu, 1978
15."Elevation" Television, 1977
16."Hong Kong Garden" Siouxsie and the Banshees, 1978
17."Someone, Somewhere in Summertime" Simple Minds, 1982
18."Over the Wall" Echo and the Bunnymen, 1981
19."Release the Bats" The Birthday Party, 1981

Gaiety Theatre


O Gaiety Theatre é o teatro mais antigo de Dublin, datado de 1871. Situado na South King Street, muito próximo da Grafton Street e de St.Stephen's Green. É comum o Gaiety Theatre receber grandes produções musicais. O U2 utilizou o local para a gravação do videoclipe de "Sometimes You Can't Make It Own Your Own".

O Gaiety Theatre é um espaço aberto a todo tipo de obras, com certo predomínio dos autores irlandeses.
Bono escolheu este local para a gravação, porque seu pai Bob se apresentou lá uma vez.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Bono desmente apoio à música polêmica na África

O vocalista Bono, do U2, declarou nesta quarta-feira que é "completamente louco" pensar que ele pudesse apoiar uma canção contra o apartheid, que faz um apelo às pessoas a atirar contra fazendeiros brancos.
O roqueiro irlandês abriu uma polêmica domingo na África do Sul ao declarar em entrevista ao Sunday Times que a música "Shoot the farmer" (Atire no fazendeiro, numa tradução livre) tinha seu lugar, entre as canções engajadas.
"Francamente, somos conhecidos por músicas não violentas. O fato de alguém pensar que apoiamos isto é muito, muito louco", declarou Bono, em entrevista à emissora de Johannesburgo Talk Radio 702.
Bono expressou seu espanto pela polêmica, estimando não ter tido propósitos equívocos. "Há regras para este gênero de música", afirmou.
Em "Shoot the farmer", pode-se ouvir as palavras "Awudubele (i)bhulu" ("Atirem nos Bôeres", em zulu), designando os fazendeiros holandeses que colonizaram a África do Sul.
A canção, retomada por Julius Malema, o exaltado líder da juventude do Congresso Nacional Africano (ANC), foi motivo de um vivo debate no ano passado após a morte do fazendeiro branco Eugène Terreblanche, um feroz partidário do apartheid.
Bono e o grupo U2 comprometeram-se nos anos 80 com a luta contra o apartheid.

Link: http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5iZlsNbaE5TwEvn_z3zTHjRPaGQhw?docId=CNG.a41fb1a52e885b2417de92436f1310b6.a21

Chernobyl Children's Project

A explosão em Chernobyl no ano de 1986 produziu uma radiação 100 vezes superiores às bombas atômicas lançadas sobre Hiroshima e Nagasaki durante a 2ª Guerra Mundial, atingindo grande parte da europa de leste, Russia e Reino Unido. Mais de 9 milhões de pessoas foram afetadas pela tragédia.
Há vários anos o U2 colabora com o Chernobyl Children's Project, fundado por Adi Roche, ajudando a comunidade a superar os efeitos devastadores, econômicos, sociais e ecológicos, da maior catástrofe da história nuclear civil. Um dos projetos, é dar a oportunidade das crianças passarem férias na terra natal do U2, a Irlanda.
Ali Hewson, esposa de Bono, é uma das representantes do projeto, tendo conseguido já muitas ajudas para as crianças.
À pedido de Ali, os lucros do single de 'The Sweetest Thing' do U2, foram destinados à organização, em 1998.
Em 2002, Ali esteve presente na galeria de arte Blue Leaf Gallery no lançamento dos cartões de natal que o artista plástico irlandês Rasher desenhou. A venda destes cartões teve renda revertida para o 'The Chernobyl Children Project'.
Em 2006, quando a tragédia completou 20 anos, a organização enviou 42 caminhões de donativos avaliados em 3.5 milhões de dólares para as vitimas do acidente.

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...