Anúncios

domingo, 10 de maio de 2015

55 Anos de Bono - Parte II


Bono completa hoje 55 anos de idade!

Conheça mais um pouco dele, através de suas próprias palavras:

"Eu cheguei ao mundo chorando e aparentemente eu chorei por 3 anos, sem parar. Eu tenho uma vaga lembrança de estar no hospital, com 3 anos de idade, fazendo exames para descobrir o que havia de errado com aquela criança que só gritava. Foi uma coisa estranha, eles pareciam pensar que talvez tivesse algo a ver com meu coração. Meu coração ainda bate de uma forma própria e exclusiva. Muita décadas depois, eu tive que re-avaliar meu batimento cardíaco incomum e o médico me disse: “Você é muito saudável, mas você tem o que é conhecido por um coração excêntrico”. Eu disse: “Eu poderia ter dito isso a você!” Eu tive que ir ao melhor especialista que o dinheiro pode pagar para que ele me dissesse algo que todo mundo que me conhece já descobriu há muito tempo."

"Já me senti muito isolado. Eu costumava sair para os lugares e havia algumas pessoas, e nós conversávamos, as vezes dava alguns autógrafos, e voltávamos e dormíamos no chão, conversávamos a noite toda. Ou eu tinha pessoas indo até o meu quarto. Uma vez eu tive 13 pessoas dormindo no meu quarto, no chão. Com o passar dos anos, comecei a sair e já não tinha mais ninguém pra conversar. Tinha pessoas que queriam me matar, pessoas que queriam fazer amor comigo, para que elas pudessem depois vender suas histórias para os jornais, as pessoas que queriam te odiar ou te amar ou tomar um pouco de você. Então você acabava voltando para o hotel e voltando para seu quarto, e mesmo se fosse uma suite no melhor hotel, depois de estar no palco na frente de 10.000 ou 100.000 pessoas, era quase uma cela de prisão."

"Imagino como seria difícil ser um artista solo. Pelo menos temos uns aos outros. Nós somos uma banda, uma banda de verdade. Sempre posso arrastar The Edge de sua cama e conversar com ele.
The Edge é um gênio na guitarra. O que ele toca é realmente surpreendente. Ele redefiniu o terreno emocional que um guitarrista pode criar. Há sentimentos que Edge trouxe com sua guitarra que não existia antes."

"Eu quase não vi Ali, minha esposa, por um ano. 1986 foi um ano incrivelmente ruim para mim. É quase impossível ser casado e estar em uma banda na estrada. Mas Ali é capaz de fazer isso funcionar. Não sei por que eu tenho a vida que tenho. Eu não mereço isso. Acho que a minha família é tão firme como é por causa da Ali. Ela é realmente muito legal."

"Em uma certa altura eu pensei que estava com câncer de garganta, que poderia ter arruinado o álbum 'All That You Can't Leave Behind'. Nem contei para a banda. Minha voz estava prejudicada e piorando naqueles últimos cinco anos. Tudo começou depois da turnê Zoo TV. Dá pra ouvir isso naquela fase. Eu estava perdendo potência. O vocal em 'POP' não é muito bom. A turnê eu achei muito difícil de fazer. Não sabia se era a minha voz, ou qualquer outra coisa. Não quero fazer drama, mas é uma drama achar que poderia não estar aqui para ver meus filhos."

"Edge é o cérebro do U2. Eu sou o coração. Adam e Larry são os pés que trazem toda a firmeza. Larry é o cara que formou a banda e o responsável pelas interessantes políticas do grupo. E o Adam, é a consciência do grupo. Somos uma combinação de quatro indivíduos que, além da banda, eram totalmente diferentes em personalidade. Nossas principais influências no grupo são uns aos outros."

Conheça mais um pouco dele, através das palavras de seu pai:

"Anos antes de qualquer um dos meninos nascerem, minha esposa e eu fomos para Sligo durante uma semana. Ela foi a uma cartomante e a cartomante disse à minha mulher que ela teria dois filhos e um deles teria a inicial P no nome e ele seria famoso em qualquer coisa que ele escolhesse na vida.
Lembro-me quando Paul tinha cerca de 3 anos, apenas uma criança. Ele estava no jardim dos fundos. Ele foi até uma flor, onde havia uma abelha. Ele colocou o seu dedo, levantou a abelha, conversou com a abelha e colocou ela de volta novamente na flor. Ele provavelmente não se lembra, não acho que eu já mencionei isso para ele, mas me lembro da minha esposa e eu ficarmos horrorizados. Ele poderia ir de flor em flor, tocando as abelhas, sem nunca ser picado. Incrível, não é? Ele não mudou. Ele ainda é o mesmo que ele sempre foi. Ele é bondoso à sua própria maneira."


Para finalizar:

Entrevista do U2 para a Revista NME em 2001.

Pergunta: se vocês quatro estivessem em uma briga, uma briga realmente difícil, qual de vocês iria chutar a bunda dos outros três?

Larry: Bono
Adam: Bono
Edge: Bono
Bono: Eu
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...