Anúncios

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Quando a música do U2 ajudou um jovem africano à entender seu país


No ano de 2002, os leitores da Hot Press enviaram perguntas para o U2, e Larry Mullen e Bono ajudaram à matar a curiosidade dos fãs com algumas respostas.
Um fã chamado Leoni Grobler, de Joanesburgo, África do Sul, contou para a banda sobre sua infância e como a música do U2 o ajudou a compreender o seu país: "Eu cresci na África do Sul nos anos 80, onde eu fui para uma escola só de brancos, visitei praias só de brancos e vivi a minha vida como faria qualquer garoto de 13 anos de idade. Eu era um fã do U2 desde que tinha 9 anos, mas quando 'Rattle And Hum' foi lançado, a faixa "Silver And Gold" me fez perceber o que estava acontecendo no meu país. Fui expulso da minha escola só de brancos porque eu tive um problema de atitude, e meus pensamentos eram muito liberais para uma escola africana. Já esperavam que sua música teria um profundo impacto na vida das pessoas?
Então Bono respondeu: "A inspiração para escrever canções vem do desejo de mudar sua própria vida, não de outra pessoa. Você às vezes escreve um sentimento a fim de se livrar dele. A raiva contra a estupidez do Apartheid foi algo fácil para desabafar. A alegria para o que as pessoas compromissadas estão fazendo com o programa Truth and Reconciliation do Arcebispo Tutu é muito mais difícil de descrever. Isso é uma coisa extraordinária que eles estão fazendo lá... se as pessoas falam a verdade sobre seus crimes durante o Apartheid, à eles são concedidos a impunidade. A verdade é mais importante do que a vingança. A graça é iluminada pela ação... uma das coisas que mais me inspira no mundo. A propósito o apelido do Tutu é 'The Arch'."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...