Anúncios

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Bono na ajuda às vítimas do Boko Haram na Nigéria


Bono alertou que milhares de crianças deslocadas pela milícia Boko Haram no nordeste da Nigéria enfrentam risco de fome severa caso não sejam tomadas medidas humanitárias pelas Nações Unidas.
O líder do U2 fez a declaração durante visita recente a homens, mulheres e crianças refugiadas no acampamento de Maiduguri, no estado de Borno.
"Há 50 mil crianças que vão morrer se a ONU não entregar o que elas precisam. Este é um país extraordinário, mas podemos ver que as pessoas no nordeste estão enfrentando dificuldades — eles tiveram seu país roubado", disse Bono durante visita ao empresário nigeriano Alhaji Aliko Dangote.
Bono disse que tanto Aliko Dangote como o governador do estado de Borno são “verdadeiros heróis” por cuidarem das vítimas da organização terrorista.
"Diz-se que as grandes riquezas da Nigéria são a terra e o petróleo, mas a verdade é que a grande riqueza do país são as mulheres. Já vi muitas caras de meninas e mulheres, mas nunca vi uns rostos como os vossos, rostos de quem já viu o que não devia ter visto na vida e, ainda assim, rostos que continuam lindos e radiantes", disse o cantor.

As agências da ONU e outras Organizações Não Governamentais (ONG) buscam este ano aproximadamente 200 milhões de dólares para atender as necessidades imediatas de mais de 500 mil pessoas deslocadas pelo Boko Haram em Camarões, Chade e Níger, mas atualmente têm menos de um quarto dos recursos necessários.
Além disso, a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) precisa de 42 milhões de dólares para ajudar os deslocados no nordeste da Nigéria. A região, e particularmente o estado de Borno, arcou com o peso da insurgência, apesar de uma campanha do governo nigeriano ter recuperado a maior parte dos territórios da milícia na região nos últimos dois anos.
O avanço dos militares do país nas últimas semanas expôs níveis catastróficos de sofrimento entre a população da região, parte da qual ficou sem ajuda humanitária por meses ou anos.
Mais cedo neste mês, o ACNUR alertou que cerca de 800 mil refugiados internos haviam sido identificados como precisando de ajuda. Altos níveis de desnutrição em larga escala estão sendo reportados, enquanto a ajuda humanitária busca recursos.
Durante as poucas horas que passou em Maiduguri, Bono visitou o campo de Dalori onde interagiu com mulheres na maternidade da clínica do campo de refugiados e encorajou pacientes a ter esperança no futuro.
Depois de visitar os campos de deslocados do nordeste do país, Bono declarou que ele e Alhaji Aliko Dangote querem "ser úteis", em uma situação "profundamente alarmante". O astro da música não especificou como essa colaboração será feita.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...