Anúncios

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

"One Step Closer": a outra canção para Bob Hewson

The Edge fala sobre o surgimento da canção "One Step Closer" do U2, do álbum 'How To Dismantle An Atomic Bomb' de 2004: "Ela surgiu nas gravações de ‘All That You Can’t Leave Behind’. Pensei que a progressão de acordes prometia, mas ninguém concordava comigo. Toquei para o Chris Thomas, que disse: “Tem um som fantástico, vamos gravar uma versão”. O Danny Lanois estava na cidade, por isso pedimos a ele que tocasse a pedal steel guitar, eu e o Bono tocamos guitarra e começamos a gravar. Espantem-se, mas o Bono começou a tocar uma música completamente diferente da original. Começava como se fosse Velvet Underground e depois encaminhou para o country. Como ficou muito boa, não nos metemos com ele, embora a versão original durasse uns 15 minutos. O Bono parecia que já sabia todos aqueles versos, o que era incrível."
Assim como "Sometimes You Can't Make It On Your Own", a faixa "One Step Closer" também é uma homenagem para Bob Hewson, como Bono explica: "Era mais uma música para o meu pai. The heart that hurts is a heart that beats/ Can you hear the drummer slowing? Quando estava com ele no hospital me dediquei a desenhar o equipamento que o rodeava, que o mantinha vivo. Jacknife Lee é de fato, um mestre em nos fazer ver que estamos no século XXI, mesmo que se toque violão, e nessa música nota-se a tecnologia, o sangue movendo-se pelos tubos e a respiração do meu pai. É muito intima. O título surgiu de uma conversa que tive com o Noel Gallagher. Estávamos falando sobre se meu pai teria fé ou não. Eu disse que achava que já não tinha, que a tinha perdido. Não sei se ele sabia para onde ia. E o Noel disse: “Bom, agora está um passo mais perto de saber, não acha?” e foi onde tudo começou."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...