Anúncios

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O próprio Lúcifer bate palmas em "Lucifer's Hands"

Uma das canções inéditas apresentadas pelo U2 na edição Deluxe de 'Songs Of Innocence', é "Lucifer's Hands", em que a banda utilizou partes de uma canção instrumental jamais lançada oficialmente: "Return Of The Stingray Guitar".
Na ficha técnica da canção no álbum, mostra que as palmas foram gravadas por Bono, The Edge e "o próprio Lúcifer, Gavin Friday!"
Steve Stockman, autor do livro 'Walk On: A Jornada Espiritual Do U2', comentou: "O U2 têm falado sobre a ouvir a música de sua juventude para este projeto, e Bono falou sobre como esses sons abriu as portas em sua memória para começar a escrever sobre aqueles dias de formação; e não importa o que o título sugere, eles não eram totalmente inocentes."
Sobre a canção, ele explica: "A vida de Bono gira em torno de sua fé cristã e sua música. Um verso da canção está interligado, especificamente com o Livro da Revelação (também conhecido como o Apocalipse de João) e a NME. Se o renascimento que encontrou no espírito trouxe algum sentido à sua vida de adolescente em luto, então a música trouxe uma saída para a raiva.
O ponto de vista principal de "Lucifer's Hands" é a liberdade. Esta é a canção de um homem que sabia desde sua adolescência, que havia demônios pessoais e universais que podem oprimir. Esta uma canção de libertação."
Steve dá mais provas sobre isso: "Note o "I Am" na letra. No disco 'How To Dismantle An Atomic Bomb' este nome do Antigo Testamento para Deus estava em todo o livreto que veio com a edição especial do álbum, e também está no refrão de "All Because Of You". É outra pista de onde vem a liberdade.
Também não é a primeira vez que as "Mãos de Lúcifer" apareceu em uma canção do U2. O U2 colocou isso em "I Still Haven’t Found What I’m Looking For" no disco 'The Joshua Tree': 'I have held the hand of a devil'".
Steve completa: "Existe ainda uma outra referência de volta para o passado de U2 nesta canção. Bono se vira para as letras de "Rejoice" do álbum 'October', quando ele agora afirma que ele pode mudar o mundo, mas não pode mudar o mundo em si mesmo. 33 anos depois de "Rejoice" ter sido escrita, Bono literalmente mudou o mundo através de seu trabalho para o desenvolvimento, AIDS e Trade Fair. Ele ainda luta com as manias e peculiaridades dentro de si mesmo. Ele entende por que as pessoas não entendem ele. Ele é mais do que ciente de que o mundo dentro de si mesmo, o mundo com suas origens declaradas em 'Songs Of Innocence', ainda não classificados. É por isso que ele ainda precisa de música."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...