Anúncios

terça-feira, 30 de junho de 2015

Bono e The Edge fazem revelações sobre a canção "Cedarwood Road"


Da Rolling Stone:

Bono e The Edge discutiram sobre o processo de composição do U2 e relembraram suas ásperas raízes do norte de Dublin, que inspiraram a letra de "Cedarwood Road" do disco 'Songs Of Innocence', em uma entrevista reveladora de 10 minutos para o podcast Song Exploder.

A música recebe o seu título e sua história a partir da rua em que Bono cresceu, mas começou — como muitas faixas do U2 — com um riff de guitarra que The Edge criou em sua casa. Ao falar sobre esses primeiros passos, The Edge observou que ele esboça as canções no sofware GarageBand e trabalha com loops de bateria, que Larry Mullen Jr. grava para o processo da demo.
"Meu trabalho é encontrar uma maneira de inspirar Adam, Larry e Bono, por isso muitas vezes não me interessa terminar uma peça totalmente", disse The Edge. "Só quero fazer uma coisa que eu acho que é um grande ponto de partida e então eu sei que tudo o que eu colocar, eles virão e acrescentarão algo melhor. Então eu só preciso ir buscá-la onde sua identidade seja clara e tenha algum tipo de vitalidade e ponto de vista interessante."

"Cedarwood Road", no entanto, levou algum tempo para chegar a sua forma final. Enquanto a demo de The Edge deu origem à uma nova introdução, coro e crescendo, a banda gravou com letras que todos concordaram que estavam faltando. Bono começou a brincar com idéias diferentes, sempre em cima da casa de sua tumultuada infância, que mudou drasticamente na década de 70, quando o projeto de habitação das Sete Torres foi construído e preenchido com muitas famílias que tinham sido forçadas à se realocarem para lá.
"Eles estavam muito infelizes, estavam contrariados, eles estavam irritados — essas eram as pessoas que nos conheceríamos como jovens adolescentes", Bono disse. "Muitas das minhas primeiras recordações da adolescência foram de violência e o enorme medo de sair de casa, pegar o ônibus." Aquela violência externa, ele acrescentou, foi agravada pelo seu vizinho e melhor amigo, o artista visual Guggi, com experiência em ter em casa um pai durão e religioso.

A letra revisada, The Edge observa, mudou completamente o significado e o contexto dos motivos musicais, enquanto Bono acrescentou que sua parte favorita da canção é o solo de guitarra: "que tem toda a dignidade daquele bairro. Alguns personagens são sombrios de fato, mas a decência geral das pessoas, a bondade, está no solo de guitarra de Edge. Eu não poderia ter alcançado isso."
The Edge acrescenta: "Bono adorou a ideia de solo e mais tarde no processo de gravação, ele não se conteve: ele começou a cantar sobre o solo."

"Cedarwood Road", Bono disse, em última análise, não se trata de exumar o passado, mas a compreensão de como ele se torna uma parte de você. "Meu eu e meus amigos lidando com um tipo de skinhead, garotos de botas, cultura da época, criando nossa própria realidade e, eventualmente, nossa própria banda de rock and roll", ele disse. "É como lidamos com o medo que sentimos. Quando eu estava escrevendo sobre Cedarwood Road, a grande revelação para mim foi que você realmente não pode deixar essas coisas para trás porque eles são quem você é, você nunca pode escapar de sua criação."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...