Anúncios

segunda-feira, 14 de março de 2016

Quando Larry Mullen aprendeu à dar valor aos prêmios conquistados pelo U2


Larry Mullen confessou que a banda se sentiu abalada após a reação ao lançamento do disco 'POP' do U2: "Depois de 'POP', a América meio que perdeu o interesse pelo U2 e achavam que nós tínhamos empurrado o barco para muito longe. Nós nos sentíamos vulneráveis e um pouco abalados com o que tinha acontecido."
A banda resolveu então reverter isso, e o ex empresário Paul McGuinness concordou com a decisão da banda: "Eu acho que foi uma grande ideia fazer um álbum que soasse como o U2 de novo. O álbum 'All That You Can't Leave Behind' foi lançado e foi direto para o número um em trinta e dois países."
Adam Clayton notou a mudança com o primeiro single do disco: ""Beautiful Day" foi lançada e logo teve uma reação muito forte. Parecia que todos tinham adorado, eles não tinham escutando a banda tocar assim desde, provavelmente o 'The Joshua Tree' ou certamente desde o 'Achtung Baby'. Nós íamos nos apresentar no Grammy Awards em Los Angeles em Fevereiro de 2001. Tínhamos três indicações com "Beautiful Day" e nós realmente não achávamos que podíamos levar alguma coisa. Achávamos que íamos apenas subir no palco e tocar a nossa música. Mas nós ganhamos todos os três prêmios naquela noite. Foi um jeito maravilhoso de começar o ano."
Foi ali que Larry sentiu a reafirmação do U2: "Nós já tínhamos ganhado vários prêmios Grammy antes e é sempre maravilhoso ganhá-los, mas esse foi diferente. O álbum foi tão bem que "Beautiful Day" ganhou três prêmios. Pela primeira vez em anos, eu me lembro de ter me sentido agradecido pelos gongos. Eu fiquei embaraçado por nunca ter os apreciado antes. Desde então, eu dou um grande valor aos prêmios e aos aplausos das pessoas de uma forma muito diferente."
The Edge disse que achava que a banda tinha estragado tudo com 'POP', mas conseguiu ajeitar as coisas com 'All That You Can't Leave Behind': "O Bono surgiu com essa frase sobre conquistar novamente o emprego de melhor banda do mundo. Era uma boa frase... para aquele momento. Eu quero dizer, nunca é tão simples assim. Mas eu acho que nós sentíamos que tínhamos, até certo ponto, estragado tudo com o Pop, mas esse álbum era muito poderoso e direto."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...