Anúncios

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

A História De U2's Vision: uma gravação da banda sem Adam Clayton - Parte 1


O início dos anos de 1980 foram muitas vezes tensos para o U2, pois eles trabalharam cuidadosamente para estabelecer-se como uma banda de rock. Eles lutaram para não serem julgados como uma banda cristã por críticos de música rock, ao mesmo tempo sendo criticados por alguns campos de cristãos por não serem mais óbvios sobre sua fé em letras das músicas. Os três crentes do grupo raramente falavam sobre sua fé pessoal para os jornalistas.
Embora o U2 tenha tocado no maior festival de música cristã, Greenbelt, na Inglaterra, em agosto de 1981, eram muito cautelosos de estarem associados com a cena de música cristã.

Em 2005 / 2006, a Dream Depot, uma empresa em Littlehampton, Inglaterra, oferecia uma linha eclética de produtos, de pacotes de férias para assessoria financeira à livros e CDs.
Entre estes CD'S, estavam vendendo cópias de uma apresentação de Bono, The Edge e Larry Mullen em 1981, para um retiro de fim de semana para os músicos cristãos.
A Dream Depot anunciou o CD U2's Vision como uma gravação "nunca antes disponível". Seu site dizia: "Inspirados por Bono, Edge e Larry, falando sobre as raízes espirituais do U2 em um seminário de música em 1981. Baseando-se fortemente em profetas do velho testamento, eles explicam sua visão para a banda e soam como um aviso ao cenário musical cristão."
O retiro de janeiro de 1981 foi realizado no Gaines Christian Center, em Worcester, Inglaterra e organizado por Laurie Mellor como um evento da Ghettout Music. Mellor fundou a Ghettout Music em 1980 como uma empresa de gravação e gestão para motivar os músicos cristãos a deixarem a subcultura da música cristã para trás para o mundo da música mainstream.
Diretor da Dream Depot, Mellor disse que ele conheceu Larry, Edge e Bono no verão de 1980, pouco antes do lançamento do álbum de estreia do U2, 'Boy'. Depois de conhecê-los mais tarde naquele ano, ele pediu-lhes para vir falar em seu retiro.
"Eu convidei a banda porque eu senti que sua presença seria inspiradora, e assim provou-se", disse Mellor. "Aceitaram o convite prontamente, e eu acredito que os três sentiram que sua presença foi muito benéfica."
Na gravação de 45 minutos, Bono, com 20 anos de idade, e The Edge com 19, falam sobre sua fé, as batalhas que enfrentavam como cristãos no negócio da música e seu senso de que estava à frente do U2. Eles lêem As Escrituras, falam sobre justificar o gasto de produzir o seu próximo single ("Fire") em face da pobreza global, contam umas piadas e convidam o público para um feedback.
O site da Dream Depot anunciava Larry como sendo parte da conversa, mas sua voz não é ouvida em nenhuma parte no CD. Mellor disse que Larry estava presente, mas não falou durante a apresentação.
A visão de Bono para o U2, ele diz ao público, é para a banda ter a mesma agressividade do punk rock para o que ele chama de uma "sociedade ocidental falsa", além de oferecer mais esperança para os ouvintes do que a maioria da música popular da década de 1960 e 70.
"Eu gostaria de pensar que no U2, somos uma banda muito agressiva, nós somos uma banda emocional, nós somos uma banda ao vivo. Acho que isso é bom, eu acho que é bom ao Senhor, porque... João Batista e Jeremias foram muito barulhentos e muito agressivos e ainda cheio de glórias", diz Bono. "Acho que temos um amor, uma emoção. E acho que temos esse tipo de agressão".
Bono menciona Isaías 40:3 - "esta é a Escritura que o Senhor mostrou-nos basicamente no que diz respeito a banda", e depois lê para o público: "Uma voz está chamando, limpe o caminho para o Senhor, faça no deserto uma estrada para o nosso Deus, que seja elevado todo o vale, todo o monte e a colina se tornem baixos, e a áspera terra se torne uma planície "
Isaías 40:3 é um verso de instrução para Bono, ele diz, e para o futuro da banda. "Eu vejo a nossa posição como cristãos como para abrir caminho, fazer um caminho reto para o Senhor pela segunda vez. Nesse sentido, temos que fazer do áspero, suave, e nos envolvermos em fazer do áspero, suave. Mas antes de o Senhor pode usar o banda ... Ele tem que fazer nossas extremidades ásperas e isso é o que o Senhor têm que fazer", diz Bono.
No decorrer da apresentação, The Edge fala apenas em uma parte por cerca de seis minutos. Ele lê do Salmo 40 e Jeremias 29 e fala sobre seu entendimento de ser obediente e o que significa esperar o Senhor.
Dois anos após esta apresentação, o U2 gravou "40" com letras diretamente do Salmo para seu álbum 'War'. Mais tarde se tornaria uma assinatura fechando diversos shows na década de 1980.
Mellor disse que ele convidou os três membros do U2 para este retiro para ser uma espécie de "auxílio visual de que Deus estava tentando dizer sobre sair do Gueto". Ele pensou que Bono, Edge, e Larry poderiam ser especialmente eficazes neste papel. "Eles estavam se tornando conscientes de uma cena de música cristã separada e esperava-se a presença deles para contestarem isso", ele disse.
Nas palavras de Mellor, ele pensou que a banda soou como um alerta para a cena de música cristã, dizendo que não tinha muito propósito. Bono explica no CD que alguns músicos são talentosos para fazer canções de louvor a Deus e os outros possuem um dom para fazer música sobre Deus para chegar aos outros.
"É muito importante que as pessoas não vejam a si mesmas como um alcance no mundo da música se estiverem tocando o circuito cristão", diz Bono. "O que temos que fazer no negócio da música é destruir a imagem que passa ... que tem Deus Todo-Poderoso e Jesus Cristo... uma imagem de um fraco. Uma imagem ligeiramente efeminada. Uma espécie de imagem de domingo. Uma imagem religiosa. Este não é o caso... isso é algo que estamos tentando fazer sobre no U2."
Cerca de 100 pessoas estiveram no retiro e ouviram as apresentações de outros músicos durante o dia, disse Mellor. Mas era a conversa de Bono que Mellor achou que valia a pena lançar naquele momento.
"A incrível energia e paixão de Bono foram comunicadas aos delegados do seminário. Alguns de nós tinham uma emoção real em nosso espírito", disse Mellor. Ele queria uma nova geração de músicos cristãos para capturar a emoção que sentiu na plateia em 1981.
"Agora eu sinto que é o tempo certo para lançar o CD e ele ser ouvido pelos cristãos por seu valor de pura inspiração", Mellor disse. "Eu sinto que o que eles tinham a dizer em 1981 é tão fresco e relevante agora, como era naquele período."
A presença do trio do U2 no retiro Ghettout foi uma rara aparição, mas eles provavelmente nunca falaram como um grupo em um contexto como este novamente, tornando este um evento de "uma vez na vida" na história da banda.
Cópias piratas da conversa, que tem duração maior que o CD de Mellor, têm circulado durante anos. Mellor disse que não os distribuiu e que detém os direitos de autor da gravação. Ele tratou diretamente com Bono por telefone para organizar a disponibilização, ele disse. "Não há contratos assinados. Eles estavam cientes de que as sessões eram gravadas pela Ghettout Music."
"Por respeito a banda, eu não fiz nada com a fita original por 24 anos. Eu estava sendo super protetor, e mesmo agora eu não acredito que o CD possa prejudicar em nada a banda, eles são muito grandes", disse Mellor.
Mellor adicionou que ele tentou entrar em contato com a banda várias vezes em 10 anos, "com resposta zero." Ele havia também entrado em contato com seu escritório de gerenciamento de Dublin e também não recebeu nenhuma resposta.
O que convenceu Mellor à vender o CD foi uma revelação das sortes. "Um ano antes, senti que tinha a 'luz verde' de Deus para o mercado e distribuí-lo", disse Mellor. Embora ele não tem comercializado ativamente o CD, ele disse que desde que o listou em setembro de 2005, por US $25,95, ele já havia vendido algumas dezenas de cópias.

Agradecimento: @U2
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...