Anúncios

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Larry Mullen tocou com o tornozelo quebrado na gravação da primeira demo do U2


Larry Mullen revelou em entrevista para a Modern Drummer na década de 80:

"Dois dias antes do nosso último show no colégio, tive uma briga com alguém. Ele me deu um chute no braço e quebrou minha mão, então eu toquei meu primeiro show com minha mão engessada. E antes da minha primeira gravação de uma demo, caí da moto e quebrei meu tornozelo, por isso não consegui abrir e fechar o meu Hi-Hat. Mas depois disso não quebrei mais nada.
Eu faço karatê. Ajuda a ganhar músculos, especialmente no estômago e nas costas. Eu gosto como um esporte, embora eu não seja interessado, obviamente, na violência dele. Eu não faço isso quando estamos em turnê. Preciso ter cuidado.
Eu tenho tendinite. Torci os ligamentos e tendões na área do polegar. Tom, meu técnico de bateria, acha que pode ser de algumas baquetas que eu tinha. A distribuição de peso não estava boa, e o choque nas batidas não era absorvido pelas baquetas. Eu uso algumas novas baquetas da pro-Mark, e elas são obras-primas.
Elas são projetadas especificamente para mim, não estão à venda. Eles são construídas com peso extra nas pontas. Quando eu bato com elas, elas absorvem o choque e permanecem solidamente em minhas mãos. No momento, eles são feitos de Hickory, mas a Pro-Mark está experimentando com diferentes tipos de madeira para nós, incluindo algumas madeiras japonesas.
Nosso setup da bateria é basicamente o mesmo no estúdio e na turnê, e nós não fazemos qualquer ajuste especial para a gravação do álbum.
Um tempo atrás, nós tocávamos com algumas bandas de grande nome, e eu via o baterista lá fora ajustando o seu som - você sabe, obtendo todas as "notas corretas". Eu me senti um pouco intimidado por isso, então eu tentei fazê-lo. Eu consegui este tipo de um torque e minha bateria soou tão ruim, então eu voltei a ajustar de ouvido. Não há mais ninguém que consiga o som como você. Tom é um roadie com muito conhecimento, e mesmo ele não pode fazer isto direito. Se fosse sintonizado com uma nota, haveria uma maneira, mas é para um som.
Eu não gosto muito de baterias eletrônicas, embora eu não queira me limitar e dizer que nunca as usarei. Para shows de arenas, começamos a usar um Simmons SDS7 ativado pela bateria acústica, apenas para o reforço do som."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...