Anúncios

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Segredos Revelados: 10 anos da parceria entre U2 e Green Day para a reabertura do Superdome - Parte 02


Quando a hora do show chegou e as bandas fizeram o seu caminho para o palco, não só sabiam eles que eram parte de algo especial, como também sentiram isso. Stafford Agee diz ele nunca pensa no público, mas naquela noite ele não conseguiu não pensar. "Eu não acho que qualquer gama de monitores poderia encobrir a multidão no Dome", disse ele.
"Uma vez que entramos no Superdome, todas as luzes estavam apagadas, Williams lembrou. "Você pode sentir a adrenalina de todos correndo pelo seu corpo. Eu não fico nervoso e eu sabia da minha parte, mas eu estava como, espero que eu não desmorone aqui em cima."
Todos se lembram de "The Saints Are Coming", mas o mini-concerto de nove minutos abriu com o Green Day tocando "Wake Me Up When September Ends", seguindo para o verso de abertura da "The House Of The Rising Sun". Que fluiu para "The Saints Are Coming", e "Beautiful Day" do U2 serviu como uma coda.
O New Orleans Saints tinha planejado inserir "Beautiful Day" em suas atividades antes do jogo, mesmo antes da performance do U2/Green Day ser anunciaao. The Edge comparou o desempenho ao momento num funeral jazz quando o corpo é liberado e começa a celebração. "Este é o dia e este momento é o que espero para Nova Orleans", disse Robin Roberts. "O passado é colocado para descansar. De agora em diante, tudo bem, temos muitos problemas, mas agora a festa começa, e "Beautiful Day" é uma canção apropriada."
Trombone Shorty se lembra pouco sobre o set. Foi surpreendido ao ver o "Tio" Lionel Batiste, bass drummer da Treme Brass Band, junto com o público no campo, "e eu sinto arrepios quando Bono mencionou meu nome e os nomes Rebirth e New Birth's", disse ele. "Ouvir a reação do público, e sendo um orgulhoso representante da cidade no maior momento no palco. Foi maior do que nós músicos".
Quando o set acabou, os músicos foram conduzidos de volta para a New Orleans Arena, onde eles poderiam assistir ao jogo, mas não era como estar no Dome. A maioria foi embora. Big Sam foi para a casa da sua irmã para assistir o final do jogo, e Shorty encontrou Kermit Ruffins na Frenchmen Street, onde eles assistiram o highlights em um clube.
Dez anos mais tarde, "The Saints Are Coming", U2, Green Day e aquela noite são indissociáveis para Nova Orleans e a equipe. O produtor Ken Ehrlich tem visto muitas performances mágicas, mas aquela noite é um destaque para ele.
"Muitas vezes, eu não sou capaz de apreciar o momento, porque estamos trabalhando, mas este evento em particular permanece vívido para mim e estava assim todo o tempo em que estávamos trabalhando", ele disse.
"O retrato de muitos moradores e nascidos em Nova Orleans, que voltaram ao Dome pela primeira vez desde o Katrina e ver as lágrimas correndo em seu rosto, é uma coisa que eu nunca vou esquecer."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...