Anúncios

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Playlist de Bono: as suas favoritas de David Bowie


David Bowie foi um dos mais influentes artistas da música pop do século 20, constantemente reinventando seu som e sua figura - algo simbolizado pelo visual andrógino de Ziggy Stardust, uma das muitas personas criadas pelo cantor e compositor britânico.
Ele morreu aos 69 anos, vítima de câncer. Ele vivia praticamente recluso desde a década passada, após sofrer um infarto.

Em uma edição da revista Rolling Stone lançada em 2010, Bono listou 15 músicas de David Bowie, que são as suas favoritas, e deu breves explicações por que escolheu cada uma.

"O que eu escolhi de David Bowie é muito rigoroso. É a minha vida de adolescente, como um fã de Bowie. Eu ainda sou um fã do Bowie. Mas isso era quando o meu coração e mente eram muito vulneráveis à música. E essas músicas tiveram um impacto real. O U2 lhe deve muito. Ele nos apresentou à Berlim e ao Hansa Studios. É o canto alto, além de sua voz 'homem' no feminino. E há a encenação, a tentativa de ser inovador."

1. "Space Oddity" 1969
Toda noite subimos ao palco ouvindo esta canção, como quatro astronautas.

2. "The Man Who Sold The World" 1970
Muitos se apaixonaram por essa música por causa da gravação de Kurt Cobain, um cara que não estava disposto a vender qualquer coisa para o mundo.

3. "Changes" 1971
Não é exagero dizer que David Bowie foi para o Reino Unido e Irlanda o que Elvis foi para os Estados Unidos. Foi uma mudança igualmente radical de mentalidade.

4. "Five Years" 1972
Este tema parece vir da tradição das chansons. No restante de Ziggy Stardust, ele passa falando de William Burroughs. Eu comprei Naked Lunch, que é difícil de ler, aos 15 anos. Mas Bowie fez importantes introduções, falando sobre as coisas que entusiasmavam ele.

5. "Life On Mars" 1971
O mundo de Bowie sempre foi cheio de interferência intelectual e artística. O lugar onde ele vivia era muito longe de onde eu morava em Dublin.

6. "Starman" 1972
A primeira vez que o vi ele estava tocando "Starman" no Top Of The Pops. Era como uma criatura que caiu do céu. Os Estados Unidos colocaram um homem na lua. Tivemos o nosso próprio britânico do espaço, com uma uma mãe irlandesa.

7. "Lady Grinning Soul" 1973
Esta é uma canção sedutora e incomum de David Bowie. Essa influência obscura já presente nela, estaria em seu próximo álbum. Eu me pergunto o que Roy Bittan [da E Street Band] pensaria desta seção de piano operística. Bowie é um grande fã de Springsteen.

8. "The Jean Genie" 1973
Ocasionalmente, Bowie compete com Jagger. Eu amo o que ele faz com o blues e R &B (disciplina, o balanço da batida). O som do The Smiths também nasceu por causa dessa música.

9. "John, I'm Only Dancing" 1972
Novamente, eu amo a economia, essa batida rockabilly. Não o suficiente para ser um grande compositor. Você tem que transformar a música para um disco, o que requer arranjos produtivos e de alto nível.

10. "Young Americans" 1975
O grande momento nesta é o break "out-of-tune" da guitarra. Eu amei isso.

11. "Fame" 1975
Fiquei fascinado com a situação que Bowie narrou nesta canção. Era um talento precioso e precoce, ele não queria morrer sendo estúpido.

12. "Warszawa" 1977
Eu tenho memórias vívidas de quando eu ia encontrar com meu amigo Gavin Friday em sua sala de estar segunda à noite para ouvir música. Nós criamos nosso próprio mundo ouvindo este álbum, e tentando descobrir o que era.

13. "Heroes" 1977
Ele resume a ideia da qual todos que amam passam: eles não estão sozinhos e podem enfrentar o mundo. E há uma contribuição de um furioso Robert Fripp na guitarra.

14. "Ashes To Ashes" 1980
A inovação sonora de 'Low' e 'Heroes' se torna mais pop. Lembro-me de ter descoberto como eles tinham conseguido aquele som de piano "ping, ping, ping". No final, acabamos usando isto em "Lemon".

15. "Up The Hill Backwards" 1980
Eu escolhi essa música porque é como minha vida.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...