Anúncios

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

The Edge revela os segredos do sucesso continuo do U2 - Parte II


Do site Daily Record:

Sendo uma turnê do U2, não há falta de espetáculo e de inovação, com a banda colocando sua quantidade habitual de esforços em criar algo que ninguém viu antes, com um acompanhamento visual surpreendente, trazendo suas canções para a vida.
The Edge disse: "Ela está indo muito bem. Estávamos tentando descobrir como fazer algo que nunca tinha sido feito antes nas arenas fechadas. Começamos a falar com nossos designers e uma coisa que gostamos mesmo foi a ideia de usar toda a extensão do chão da arena, pois assim teríamos um jeito de passar por dois palcos diferentes.
Uma vez que tivemos essa ideia, a outra coisa que nós conversamos era ter algum tipo de telão para dividir o público, e que seria parte do tema do show esta divisão. Nós realmente ficamos entusiasmados só com isso, mas, em seguida, nossa equipe veio até nós e disse: 'vamos conseguir uma telão de dupla face e talvez vocês possam estar dentro dele'.
"Chamamos isto de The Barricage (A Barricada). É como um telão gigante, mas é também isto que divide o público no meio da arena e também é algo que podemos fazer nossa performance dentro dele, então tem uma multi função.
Quando começamos a brincar em torno disto no início da turnê, percebemos que lá estavam todos os tipos de maneiras de usá-lo para sobrepor alguém que realmente estava lá contra uma imagem no telão e que estava em volta de todo tipo de ideias testadas nos ensaios, muitas das quais estão no show agora.
Foi realmente apenas o caso de obter o hardware e brincar com ele, até ver o que acontece, e divulgá-lo.
Havia muita diversão e um monte de experiências antes do início da turnê."
Qualquer um que tenha visto qualquer show da turnê até agora, viu uma banda no auge de seu potencial. O U2 não está dormindo sobre os louros. Eles ainda tocam com toda a paixão e compromisso que sempre tiveram, com esse espírito de punk rock de quando começaram, que ainda está muito aparente, algo que The Edge vê como essencial.
Ele disse: "Nós nos agarramos à isso. Nossa música significa muito para nós, há emoção real lá. Muito estranhamente, com essas músicas sendo tão pessoais, é uma coisa emocional tocá-las ao vivo. Em momentos diferentes, eu me encontrei realmente pego pelo que está acontecendo nas canções e acho que isto é tão verdadeiro para os fãs, como para a banda."
Com tantos anos atrás deles, é notável que a formação original ainda está totalmente intacta. A razão é que eles são bons amigos e sempre foram.
Edge disse: "nos vemos muito, quando não estamos em missão oficial com o U2, e é sempre muito bom voltar a ficar juntos. É realmente um problema quando estamos no estúdio e que falamos demais e não tocamos o suficiente porque realmente gostamos de passar tempos juntos. Precisamos de um pouco mais de disciplina.
Sempre existem divergências menores, mas nunca há outros interesses, outra agenda sendo elaborada. Todos queremos a mesma coisa e esse é um grande disco e uma grande turnê. Temos um grande cantor, um grande baterista e um grande baixista.
Ninguém está competindo para fazer outra coisa senão o que está atualmente na banda.
Um monte de bandas se separam devido à concorrência interna e brigas sobre quais canções farão um álbum. Nós temos evitado tudo isso. Ao longo dos anos, tem havido muita ajuda dada por outros membros da banda, sendo apoio ou críticas construtivas.
Nós somos uma banda de verdade, nesse sentido, o sentido próprio de olhar um para o outro."

É essa amizade e desejo constante para criar novas músicas que lhes faz bem. Olhando para o futuro, The Edge pode não saber o que está reservado para eles, mas ele está olhando para isso com ansiedade.
Ele disse: "Estamos definitivamente em um território desconhecido, de muitas maneiras, mas estamos determinados a manter a banda viva criativamente, enquanto pudermos. Num futuro próximo, vamos dar aos outros o nosso melhor e vamos continuar escrevendo canções e fazendo turnês que com sorte serão tão inovadoras como esta é. A escala das coisas vem com o que está acontecendo lá fora, na cultura, mas não vamos deixar a desejar em termos da ambição criativa."
A turnê é um sucesso absoluto e a banda tem se empolgado com a resposta positiva que eles tem recebido, mas o guitarrista sabe que o melhor ainda está por vir, e eles vão tocar em Glasgow, uma cidade que eles asseguram ter o maior respeito possível.
Edge disse: "Datam o primeiro show que fizemos no Barrowland, sempre tivemos essa relação especial com o público de Glasgow. Glasgow e Dublin são absolutamente o ápice em termos da reação do público. Há um pequeno grupo de cidades em todo o mundo que sabemos que podemos tocar e a reação do público e envolvimento será incrível. Glasgow, desde os primeiros dias no Barrowland, está lá em cima, no topo da lista.
Estamos muito animados para voltar e eu sei que vai ser um par incrível de shows. A última vez que tocamos lá foi ao ar livre e não estou criticando, pois foi um grande show, mas um show indoor, será muito mais intenso. Vai ser em grande momento."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...