Anúncios

terça-feira, 18 de agosto de 2015

'Blam!', de Roy Lichtenstein, no telão da turnê Popmart do U2


O lançamento de 'POP' em 1997 e a turnê Popmart criaram novos desafios de design para o U2 e sua equipe criativa.
Com o tema Pop Art criado para o álbum pelos designers da Four5One, inspirado pela própria exploração da banda ao comercialismo, o rock como um produto, parecia natural também explorar esse gênero ainda mais para a turnê Popmart.
Um dos artistas cujo trabalho foi procurado para os gráficos no telão, foi Roy Lichtenstein.

Lichtenstein nasceu em Nova York em 1923. Ele começou a desenhar e pintar no colégio. Na década de 60, um novo movimento de arte foi tomando conta. Inspirado pelos meios de comunicação, o mercantilismo, e aspectos da cultura popular, este movimento emocionante e um pouco humorístico foi apelidado de Pop Art. Foi aberto caminho para Lichtenstein, bem como outros, mais notavelmente Andy Warhol (cujas imagens multi coloridas inspirou a capa do álbum 'POP', e também teve sua arte utilizada na turnê Popmart).
Lichtenstein começou a criar seu mais famoso trabalho Pop Art no início dos anos 60, quando um de seus filhos apontou para uma imagem de Mickey Mouse em uma história em quadrinhos e disse que apostava que ele não poderia pintar tão bem quanto aquilo. Aquilo inspirou Lichtenstein à criar algumas das obras mais originais e interessantes de arte já conhecidas, e foi um trabalho deste período que o U2 escolheu para utilizar na Popmart.
Estes trabalhos consistiam de pinturas em desenhos animados, mais notavelmente com o uso dos Pontos Ben-Day a mão, uma técnica semelhante aos pontilhados. Os Pontos Ben-Day foram considerados a marca registrada de Roy Lichtenstein, que os aumentava e exagerava em muitas de suas pinturas e esculturas, especialmente na sua interpretação das revistas em quadrinhos e de ilustrações contemporâneas. Lichtenstein criou desenhos animados parodiando novelas, propagandas e uma homenagem aos quadrinhos de guerra.
O U2 usou os quadrinhos de guerra de aviões de combate como animação de fundo para "Bullet The Blue Sky" - obras como 'Blam!', de 1962.

'Blam!' é uma pintura monumental que mostra um avião sendo abatido no meio da guerra. O avião aparece virado ao contrário devido ao impacto do míssil. As letras do titulo da obra aparecem em negrito de cor vermelha, no meio do amarelo, preto e vermelho da explosão.
A palavra "Blam" juntamente com a leitura da explosão, realça e tenta fortificar o som e a força do ataque. A sombra do piloto santando do cockpit, deixa o espectador num suspense em relação à sobrevivência do piloto.
A criação da pintura foi baseada em quadrinhos sobre a guerra em 1962, mais especificamente "All American Men Of War" (edição nº89, por Russ Heath).

O telão de LED do U2 era composto por milhões de pixels, então o diretor da turnê Willie Williams disse que utilizar imagens de Roy Lichtenstein não exigia inteligência: "Roy Lichtenstein usava uma série de pontos para criar suas imagens. Esta era a entrega perfeita".
Willie Williams se consultou com Catherine Owens para obter os direitos de uso das imagens e realizar animações da Pop Art de Lichtenstein, Andy Warhol e Keith Haring.
Roy Lichtenstein faleceu poucos meses depois da estreia da turnê, em 29 de setembro de 1997. Durante um show da Popmart na noite seguinte em Tel Aviv, Israel, Bono fez uma homenagem ao artista no palco durante a seqüência de animação para "Bullet The Blue Sky": "Roy Lichtenstein, nós amamos você!"

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...