Anúncios

quarta-feira, 25 de março de 2015

Tentando acabar com a tradição de fechar os shows com "40"


O U2 fechava os shows da fase Zooropa da turnê ZOOTV em 1993, com um cover de Elvis Presley, a canção "Can't Help Falling In Love".
The Edge disse na época: "Bem, nós queríamos nos afastar da tradição bem estabelecida e de longa data de fechar o show com "40". Com Elvis, parecia ser a única maneira de fazer isso.
Mas mesmo assim, as pessoas ainda começaram a cantar "40" no final do show. Acho que vai levar um tempo para conseguirmos colocar essa música para descansar.
As pessoas vêm para os shows e já viram o U2 antes, e você está constantemente tendo que lidar com as suas expectativas, ao contrário do que você está tentando fazer.
Eu sei que há um monte de gente que vai embora decepcionada com os shows de Zooropa, porque não tocamos "Sunday Bloody Sunday", ou outra canção antiga que eles queriam ouvir."

Mais cedo nos shows, antes de Bono entrar como Macphisto no palco, o U2 fechava o set com "Pride (In The Name Of Love)", uma canção cheia de emoção, no meio de toda aquela coisa irônica do show, mídia, e pós Bono como The Fly.
The Edge afirmou que não sabiam no começo, se aquilo iria funcionar, mas que funcionou: "Pode ser um grande pulo ir de algo tão irônico como Bono como MacPhisto ou The Fly e ainda assim tocarmos "Pride" completa, com Martin Luther King no telão.
Mas vem como uma parte do concerto onde fazer uma conexão como essa é importante. Em meio à incerteza, há certas ideias que são tão poderosas e tão boas, que você pode se agarrar nelas, não se importando se todo o resto foi estragado."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...