Anúncios

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Larry Mullen: eu não estava preparado para fracassar com 'No Line On The Horizon'

O site U2 NEWS disponibilizou a matéria na íntegra da edição de novembro da Revista Rolling Stone americana, com o U2 estampando a capa.

O produtor Ryan Tedder fez algo na linha "cirurgia de grande porte" em "Every Breaking Wave", que tinha sido descartada pelo U2 em 'No Line On The Horizon'. "É sobre o quão difícil é se entregar completamente para outra pessoa", disse Bono. "E os dois personagens são viciados em fracassar e renascer".
"Perguntei para eles: está boa assim ou eu desmonto esta coisa?", disse Tedder, que alternou entre se juntar ao U2 em estúdio e trabalhar remotamente nas canções. "E eles me disseram algo como: Faça o pior. Vá em frente." Ele acrescentou uma nova melodia no refrão, mudou o velho refrão para uma ponte e mandou novamente para as colegas de banda. Eles voltaram a trabalhar nesse modelo, terminando em uma canção pop ajustada.
"Minhas ideias sobre o amor são, provavelmente, muito pouco românticas", diz Bono, em uma palestra de "Every Breaking Wave". "Eu vejo o amor como uma decisão não tomada no calor do momento. Eu vejo isso como uma coisa duradoura que não depende de sentimentos para confirmar, embora seja grande quando o fazem. E no final, o amor é incluído no DNA, enganando você a fazer um compromisso muito maior. Isso é o que aconteceu comigo, mesmo antes de eu saber o que é um compromisso. Terminei como um jovem nos braços desta jovem mulher, de uma forma muito hostil ao conceito de amor de infância e primeiro amor do mundo."
Bono diz: "E se alguém vier com algo melhor do que "Every Breaking Wave", você sabe, nós vamos escutar."
Rick Rubin, que produziu alguns anos atrás, um monte de músicas inéditas para o U2, teve uma grande influência sobre este álbum, apesar de não trabalhar nele. Rubin disse para Bono que o U2 usasse sua habilidade para esculpir paisagens sonoras únicas "para disfarçar o fato de não ter uma canção." Ele empurrou-os para compor músicas tradicionalmente estruturadas que podem ser trabalhadas com, por exemplo, a voz e o piano. "Alguém como Adele tem os melhores álbuns do que qualquer outro porque suas canções são melhores", diz Bono. "Em uma grande canção, você pode estar nu como um exibicionista cantando à cappella. Tenho vergonha de estar ao lado de alguém como Carole King, a menos que você possa aparecer com algo tão cru como algumas de suas grandes canções. Então foi isso. A escola de compor canções!"
"Iris (Hold Me Close)", talvez a canção mais terrivelmente pessoal do U2, foi uma das últimas músicas de 'Songs Of Innocence' que tomou forma, se juntando nas horas finais da sessão de gravação. É uma canção sobre a mãe de Bono, que morreu quando ele tinha apenas 14 anos de idade.
O álbum é o mais próximo com o que Bono chegou de uma terapia, algo que conseguiu evitar em toda a sua vida, exceto por uma semana na adolescência. "Quando eu era adolescente, tive um período violento", recorda Bono. "Tive uma briga com um professor que, na frente de toda a classe, eu empurrei contra o quadro-negro. Fui enviado para esta mulher muito inteligente e ao final de sete dias, ela me disse: 'Vá para casa'."
Membros do U2 parecem estar cientes de que há algo quase patológico em seu espírito coletivo que os obriga a acreditar, contra quase todos os precedentes históricos, que uma banda de rock ainda pode ganhar novos fãs, gravar novos sucessos e serem os melhores.
"Nós não estamos lutando contra ninguém, exceto com nós mesmos", disse Mullen. "Por isso é uma boa pergunta: por que se preocupar?" Porque não tirar três anos e ir cuidar de sua família? E então talvez juntar todos e gravar algo e ir para a estrada e fazer uma turnê só de hits. E ganhar muito dinheiro, como todos os outros. Fazer toda uma fortuna. Ninguém pensará mal de você. Mas não. Estes caras vão para um estúdio de gravação por quatro anos, custando uma fortuna."
"Não podemos ser estúpidos. Talvez nós estamos realmente prontos. E talvez nós realmente nos preocupamos com o que fazemos. Aceitaria facilmente falhar miseravelmente com este novo álbum, se U2 nunca mais gravasse um disco, eu diria: 'Ok.'
Este é realmente um grande álbum.' Fracassar com 'No Line On The Horizon', eu não estava preparado para isso. Por isso, talvez, é disso que se trata."

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...