Anúncios

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Paul McGuinness relembra momentos com o U2 e fala sobre o novo disco da banda

O site U2BR (www.u2br.com) disponibilizou em sua página uma tradução para a entrevista que o ex empresário do U2, Paul McGuinness, concedeu à um jornalista espanhol no International Music Summit 2014.

Confira as revelações mais interessantes feitas por McGuinness:

Sobre não trabalhar mais com o U2:

"Não sinto falta de trabalhar com o U2, porque, na verdade, falo com eles o tempo todo. Somos grandes amigos. Agora, eles estão trabalhando na Califórnia, no novo álbum, mas apesar da distância, não passamos um dia sem nos falar."

A decisão de deixar o U2:

"Eu deixei de empresariar a banda, pois passei grandes momentos ao lado deles durante 36 anos, e não queria passar os próximos quatro anos de turnê assim que sair o novo álbum. Veja, já tenho 62 anos, e realmente quero parar um pouco, quero fazer outras coisas diferentes."

A primeira vez que viu o U2 no palco, e os problemas de diferenças religiosas que quase separaram o grupo:

"Vi no U2 uma banda formada por pessoas inteligentes, ambiciosas e leais uns com os outros. Era uma equipe, uma autêntica equipe. Eles eram amigos antes de formarem a banda e de chegarem ao sucesso. Essa amizade lhes permitiu superar todos os obstáculos e sempre se ajudaram. Quando gravamos o álbum 'The Unforgettable Fire', havia tantos instrumentos, a produção era tão completa, que perguntamos-lhes se não seria melhor ampliar o grupo, mas disseram que não, que eram uma banda de quatro. Uma equipe."

Momento inesquecível com o U2:

"Passei grandes momentos, mas o concerto que fizeram no Santiago Bernabéu de Madrid (no dia 15 de julho de 1987 pela turnê 'The Joshua Tree') foi tremendo, um dos melhores. Abrindo o show, UB-40 e The Pretenders. Foi muito emocionante porque foi a primeira vez que se apresentavam naquele estádio. E deixe-me lhe contar uma história que aconteceu comigo na Espanha. Ocorreu no início dos anos 80. Fui a uma loja de discos de Madrid e por curiosidade perguntei se tinham o disco do 'iu tu'. Não, me responderam. No entanto, vasculhei e encontrei. Voltei para o lojista e lhe mostrei: 'Ah, você procurava por 'udos', me respondeu. O mesmo aconteceu em Roma: 'u due', diziam. No final, todos se acostumaram a dizer 'iutu'."

O novo disco do U2:

"É genial, é muito diferente do que já fizeram até agora, mas ainda soa como U2. Trabalharam com um novo produtor, Danger Mouse (Brian Burton). Bono está cantando melhor do que nunca. Conforme fica mais velho, sua voz fica ainda mais interessante."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...