Anúncios

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Terminando a montagem do palco da turnê Popmart no dia do primeiro show em São Paulo em 1998


A primeira apresentação do U2 em São Paulo pela turnê Popmart aconteceu em 30 de Janeiro de 1998, uma sexta feira. Na quinta feira, dia 29 de Janeiro, o palco ainda não tinha sido todo montado no Estádio do Morumbi!
A Blitz Produções foi a empresa contratada para realizar a produção da fase paulista da turnê. Mas tudo não se mostrava, já de início, exatamente perfeito. Operários brasileiros em uniformes azuis se misturavam aos técnicos estrangeiros no estádio para resolver a grande preocupação do dia: o palco, que ainda estava em construção. O equipamento que deveria ter chegado na terça-feira dia 27, chegou na quinta dia 29. A promessa era a de que tudo estaria pronto até as 14h do dia 30, o dia do show. "Se você me perguntar com o que estou preocupado, diria que é apenas com o palco. Tivemos atrasos por causa das chuvas, e há a possibilidade de atravessarmos toda a madrugada na operação", disse o produtor Cesar Castanho na quinta feira dia 29, enquanto caminhava, com um comunicador na mão, em direção ao piso de madeira que cobria o gramado. Castanho tentava dissipar qualquer receio de que os transtornos cariocas (falhas na segurança, caos no trânsito e venda paralela de ingressos) se repetissem em São Paulo.
Apesar de Castanho afirmar que os episódios de Jacarepaguá não influenciaram em seu relacionamento com a equipe do U2, alguns indícios demonstravam a existência de uma certo "Trauma Rio". Ao menos por parte do público. No pequeno e improvisado escritório da Blitz no estádio, pessoas ligavam para saber se receberiam pelo que pagaram. Eram aqueles que queriam saber se os ingressos para gramado seriam para o gramado, a arquibancada para arquibancada ou o camarote para o camarote, ao contrário do que ocorreu no autódromo Nelson Piquet, no Rio. Uma equipe de segurança (diferente da do primeiro show) circulava por todo lugar, identificada pelo uso de uma camisa amarela. Mantinham os curiosos distantes da equipe de produção do U2.
Não repetindo o padrão estabelecido no Rio de Janeiro, o U2 não quis fazer uma passagem de som em São Paulo. Em Jacarepaguá, fizeram o soundcheck na noite anterior a apresentação.
Segundo a assessoria de imprensa de Franco Bruni, o empresário responsável pela vinda do grupo ao Brasil, o próprio Bono disse que dispensaria a passagem de som para o show de São Paulo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...