"Song For Someone" 360 Version

Anúncios

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Novos Segredos Revelados: "She's A Mystery To Me", a canção escrita por Bono e The Edge para Roy Orbison


O U2 retornou ao Sun Studios uma segunda vez em 1987, para fazer o corte de uma demo de "She's A Mystery To Me" com o produtor Jack Clement, e acabaram gravando também uma cover da canção de Woody Guthrie, "Jesus Christ," que apareceu em 1988 na coletânea tributo à Guthrie/Leadbelly chamada 'Folkways: A Vision Shared'.
"Eu acho que foi a conexão de Elvis e Roy Orbison com o Sun Studios que transformou aqueles caras do U2", diz Dave Ferguson, engenheiro de som que projetou as sessões do U2 no Sun Studios. "Isto faz parte da história do rock, sabe?"
A história por trás de "She's A Mystery To Me" é no mínimo casual e estranha. A canção escrita por Bono e The Edge para o álbum de retorno de Orbison de 1989 produzido por Jeff Lynne, e depois se tornando seu último disco, 'Mystery Girl'- surgiu de um sonho de Bono. Na noite de 1 de Junho de 1987, o cantor adormeceu ouvindo a trilha sonora de David Lynch de 'Blue Velvet', que, tão apropriadamente, trazia a canção de Orbison "In Dreams". Na manhã seguinte, ele acordou com a música fixa em sua cabeça. Ou foi assim que ele imaginou.
Filho de Orbison e amigo de longa data de Bono, Roy Orbison Jr. recorda: "Bono, em suas próprias palavras, disse que quando ele acordou, ele tinha uma canção de Roy Orbison em mente, e ele ouviu o álbum e a música não estava lá, e então ele começou a escrevê-la."
O U2 estava tocando naquela noite na Wembley Arena em Londres, onde Bono trabalhou na canção na passagem de som, completamente sem saber que Roy Orbison e sua esposa Barbara Orbison iriam aparecer para surpreender a banda no backstage. Mas a semente da canção foi realmente plantada bem antes, quando Bono - já tendo sido abordado para colaborar com Orbison -primeiro conheceu o cantor para uma sessão de composição em sua casa em Malibu. Bono tem uma histórica história de acidentes infelizes, e esta reunião entre eles é uma destas. O cantor fez a sua entrada através de uma porta de vidro deslizante tão bem polida que ele não percebeu que estava fechada, e deu direto de cara nela, arrebentando o nariz e caindo para trás. "Ele ficou um pouco envergonhado", revelou o filho de Orbison, que tinha 16 anos na época. "Ele se penteou, limpou o nariz, e então nos disse que ali era uma bela vista."
Bono também tem um histórico de perder seus cadernos com letras. Ele acabou perdendo suas anotações com as ideias de "She's A Mystery To Me", escreveu novamente, e depois perdeu esta também em um avião após uma reunião com Roy Orbison. Roy Jr., que estava junto na sessão, diz que, em sua opinião, o que Bono escreveu naquele dia soou muito parecida com o que se tornaria "One" do U2, quatro anos depois. "Eu sempre tenho a sensação de que Bono escreveu duas boas músicas para Roy", diz ele. (vale a pena notar que, ao longo dos anos, sempre que "She's A Mystery To Me" apareceu em um setlist do U2, é muitas vezes foi como uma parte final acapella para "One".)
Roy Jr. toma o crédito por apresentar o U2 ao seu pai, por tanto ouvir uma fita de 'The Joshua Tree' no toca fitas do carro da família no trajeto diário para a escola. "Ele conhecia as bandas modernas, mas ele não ficava preso em uma banda com muita freqüência. Mas U2, ele gostava. Ele ouviu U2 [por] ele mesmo ... Eles eram sua banda favorita naquela época", diz Roy Jr., mencionando que a canção favorita de seu pai no álbum era "Running To Stand Still", uma música que ele lembra de Bono dizendo que era seu próprio "Running Scared".
Em relação à sessão de composição de "She's A Mystery To Me", Roy Jr. diz: "[Bono] gostou da ideia de que havia alguma grande pressão acontecendo. Eu imaginei que ele estava pensando em si mesmo como estando em um prédio de apartamentos [com] uma revolução acontecendo nas ruas, ou talvez Mardi Gras, onde você está na varanda, com algo borbulhando na superfície. Isso é o que ele queria com a batida e era isso que ele queria com a energia da música. Ele veio com essas grandes linhas, você sabe, "como uma lâmina para o meu coração/palavras me despedaçando." Isso é bom, isso é Orbison-y, mas meu pai nunca escreveu nada tão gráfico."
"She's A Mystery To Me" é uma das melhores canções que Bono já escreveu. É surpreendente que ele não guardou para si mesmo. Roy Jr. lembra-se da sessão de gravação em Los Angeles para a canção como "mágica".
"Foi basicamente três caras - Bono tocando guitarra, meu pai cantando e Jim Keltner tocando bateria - e eles fizeram isso ao vivo. Essa é a maneira que você sonha em fazer, mas nem sempre funciona, e isso funcionou muito bem. Depois, o tecladista Benmont Tench do Tom Petty and the Heartbreakers e o falecido baixista Howie Epstein também aparecem na canção, tendo gravado suas partes mais tarde em cima do som ao vivo dos três iniciais.

Da matéria da Rolling Stone, 'How U2 Fell in Love With Nashville and Influenced Today's Country Music'
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...