Anúncios

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

U2 inicia parte européia da turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE com show dramático e estreia de nova versão de "Zooropa"


Após mais de um mês de pausa, o U2 reiniciou a turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE, abrindo a perna européia com um show em Turim, Itália. O show teve algumas pequenas mudanças em relação ao que foi apresentado na primeira perna pela América do Norte.


Bono errou bastante algumas letras de canções, principalmente "Sunday Bloody Sunday".


Mas quando The Edge errou o solo de "Until The End Of The World", o vocalista não perdeu a oportunidade de provocar o guitarrista.

A primeira parte do show foi idêntica ao que foi apresentado na América do Norte, mas a segunda parte do show foi mais dramática.
A performance de "Bullet The Blue Sky" apresenta vários novos visuais, incluindo cenas da polícia de choque caminhando lentamente através de uma rua.

Ainda usando um megafone, Bono mudou um pouco aquele discurso que ele fazia na América do Norte, e termina a canção gritando: "Eu não sou perigoso! Estou em perigo!"

Bono cantou um trecho de "Ode To Joy", e na sequência a banda estreou uma versão retrabalhada da canção "Zooropa", para abordar a atual crise dos refugiados na Europa. The Edge toca guitarra, com Bono cantando alguns trechos da canção, e depois entra sons sintetizados e samplers retirados da versão original da música, que foram ouvidos antes em um vídeo de contagem regressiva para o retorno da turnê, disponibilizado no site oficial da banda.
Bono começa cantando à partir da frase "and I have no compass".


No telão durante a performance de "Bullet The Blue Sky", uma imagem de corpos boiando na água, na forma das estrelas da bandeira da União Européia, como na capa do disco 'Zooropa'.

Na sequência, entrou "Where The Streets Have No Name", que foi realocada no set, e agora não faz mais parte da sequência com "Mother And Child Reunion".


No vídeo do intervalo, "The Fly", algumas frases e palavras apareceram escritas em Italiano, assim como o texto do telão no final de "Raised By Wolves".


Nesta, Bono cantou a letra como a placa do carro sendo "5389WZ" (originalmente é 1385WZ).
Outra novidade foi em "October", onde The Edge tocou uma introdução estendida no piano, e agora a performance traz um vídeo no telão, com imagens de uma cidade bombardeada.


O tema da atual crise de refugiados da Síria que lutam por suas vidas, apareceu muito no show depois disso. Conforme escreveu o site @U2, "Zooropa" é uma referência direta, onde Bono disse: "O que você quer? Uma Europa com seu coração e fronteiras fechadas à misericórdia? Ou uma Europa com seu coração aberto? Um lugar chamado casa!".
Desde o início do conflito na Síria, mais da metade de toda a população do país foi forçada a deixar suas casas e fugir para sobreviver.
No telão durante a introdução de "City Of Blinding Lights", foi mostrado # Refugees Welcome.

Durante a performance de "Pride (In The Name Of Love)", Bono trocou a frase "One man washed on an empty beach" para "One boy washed up on an empty beach" (Um menino apareceu afogado em uma praia vazia).

Uma referência à foto que comoveu o mundo, da criança Aylan Kurdi de 2 anos de idade, que se afogou enquanto sua família fugia da Síria.

No encore, Bono disse: "Não tenho a resposta para a crise dos refugiados no norte da África e na Síria, mas sei que devemos trabalhar juntos...". Esse discurso levou à performance de "Mother And Child Reunion", que agora é usada como introdução para a performance de "One".
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...