Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

segunda-feira, 27 de março de 2017

O incidente em Isla Negra que quase cancelou um show do U2, e que resultou em uma das encarnações de "Vertigo"


Uma canção do U2 nasceu em um pequeno balneário, sobre a costa central do Chile, e se tornou um sucesso mundial. "Vertigo" não surgiu nas sessões do álbum de 2004, 'How To Dismantle An Atomic Bomb', mas sim partiu de uma ideia de Bono no Chile, quando a banda visitou a América do Sul pela primeira vez em 1998.
Tudo começou em Isla Negra, localizada na costa central do Oceano Pacífico, uma pequena aldeia de não mais de 2 mil habitantes, que é a casa-museu de Pablo Neruda, que Bono visitou na noite de 10 de fevereiro de 1998, com seu amigo, o pintor irlandês Guggi. O passeio que foi realizado de forma privada, teve uma duração de 1 hora.






Bono e Guggi estavam muito calados e tranquilos quando eles começaram a visita, embora pouco a pouco as coleções pela casa e seus cantos começaram a chamar atenção. Eles realmente gostaram do lugar e eles disseram que tinham lido a poesia de Pablo Neruda e eles ficaram fascinados pela casa, os pertences e o modo de vida do poeta em seu tempo.

Depois de conversarem brevemente com os moradores do balneário, Bono aproximou-se do túmulo de Pablo Neruda, e pediu para não ser fotografado. Este foi um momento muito especial para o vocalista, que queria ter um momento de paz naquele lugar.

Mas naquela noite veio o desastre, que Bono contou no livro U2 BY U2: os dois amigos comeram em um restaurante adjacente ao Museu e Bono foi intoxicado pela comida. Estavam ali só ele e Guggi, já era muito tarde e já tinha fechado o lugar. Sem ninguém que pudesse ajudá-los e depois de vomitar por muitos minutos, chegou uma responsável pelo local e o viu deitado no chão, então Bono completamente impotente, perguntou se havia por ali algum médico, mas ela respondeu: não há médicos na Isla Negra. Então eles decidiram chamar um táxi para voltar para o lugar onde eles estavam hospedados. Ele passou uma noite horrível, mas na manhã seguinte já estava muito melhor.
Bono ainda estava muito preocupado, porque naquele mesmo dia eles tocariam em Santiago e a ameaça de suspensão do concerto era latente. Em seguida, eles retornaram para a capital do Chile, e não contaram a ninguém o que aconteceu em Isla Negra. Apenas Guggi e ele mantiveram o segredo durante muitos dias.
Daquele incidente nasceu a letra de uma canção chamada "Shark Soup" (Sopa De Tubarão), que tinha um ritmo hard rock e como o incidente tinha sido no Chile, também nasceu a ideia de cantar em espanhol. A letra conhecida trazendo "Uno, Dos, Tres, Catorces" vem deste conceito original, nascida no Museu de Pablo Neruda. A letra e música de "Shark Soup" foram colocadas na mesa para as gravações de 'How To Dismantle An Atomic Bomb'. Larry Mullen disse que era necessário reconstruir a canção e juntá-la novamente. Mudaram os acordes e testaram títulos e letras novas. "Shark Soup" tornou-se "Viva La Ramone", uma homenagem à Joey Ramone, para chegar a uma quase ideia final chamada "Native Son". Houve até uma versão desta demo que começava com a lendária intro em espanhol "Uno, Dos, Tres, Catorces".
The Edge disse que "Native Son" era um produto quase pronto para o álbum até Steve Lillywhite ouvir e lhes dizer que a canção faltava crescer. Eles voltaram para refazê-la desde o início conceitual de uma canção de rock and roll visceral, que só estão presentes a bateria, baixo e guitarra em sua forma mais pura, onde finalmente o tema foi transformado em "Vertigo".

Do site: U2 Valencia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...