Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 7 de março de 2017

A Mensagem: O Duradouro Legado De 'The Joshua Tree' - Flashback 02


Flashback 02

The Edge deu uma festa em sua casa recentemente reconstruída em Monkstown na costa sul de Dublin, no ano novo de 1986. Foi neste estágio, que a maior parte do trabalho em The Joshua Tree foi realizado e a banda estava relaxando. Mas Bono não conseguia ficar quieto. Uma das qualidades mais cativantes do cantor do U2 é o entusiasmo nu que ele demonstra para a música de sua própria banda. E então ele explicou para o escritor Niall Stokes que se tratava de um álbum de canções, que o U2 finalmente tinha aprendido o que a palavra significava, e que ele estava convencido de que eles tinham feito de longe ali seu melhor álbum, como resultado. "Há uma em especial", ele explicou, "essa é incrível." E então ele começou a cantar. "É assim: I have climbed/ the highest mountain/ I have run/ through the fields/ only to be with you/ only to be with you’. E então tinha aquele refrão “‘But I still haven’t found what I’m looking for’.”
Na pista de dança tinha aquela batida, que podia ser ouvida na porta ao lado e o burburinho de vozes da festa reinou ao redor – e ainda assim Nial jura que poderia cantarolar a canção no dia seguinte. Era extremamente cativante. Uma peça perfeita de música pop, foi para o n º 1 nos Estados Unidos, quando foi lançada lá como um single e ninguém poderia ter ficado pelo menos um pouco surpreso. Desde o início, Bono claramente sabia que ela seria uma vencedora.
A canção tinha vindo ao mundo com outro título, "Under the Weather". Tinha também uma melodia diferente. Mas uma vez que The Edge tinha surgido com o título e o tema de dúvida espiritual tinha cristalizado na imaginação de Bono, o momentum tornou-se inevitável. O irmão de Neil, Dermot Stokes, tinha dado para Bono uma fita de blues e música gospel, incluindo faixas do The Swan Silvertones, The Staple Singers e Blind Willie Johnson. Brian Eno, que tinha ouvido um monte de canções gospel, estimulava ainda mais seu entusiasmo crescente. Bono sabia que "I Still Haven’t Found What I’m Looking For" teria que ter suas raízes no gospel. Mas ele também sentiu que o tema era grande o suficiente para permitir-lhe romper aquilo, para escrever uma grande canção, um hino.
"I Still Haven’t Found What I’m Looking For" é muito bem escrita e elegantemente construída. A banda viaja levemente ao longo dela, em um groove que é um modelo de contenção, com uma quebra de ritmo da guitarra acústica de The Edge, onde outros talvez preferissem um solo instrumental. O canto do Bono é emotivo e sincero. Ninguém coloca um pé errado. Quanto tempo levou para fazer isso acontecer?
"Eu costumava pensar que a escrita de palavras era velha e antiquada", Bono confessou. "Então esbocei. Escrevi palavras no microfone. Para 'The Joshua Tree', senti que tinha chegado o momento de escrever palavras que significavam alguma coisa, fora de minha própria experiência."
Você pode sentir isso imediatamente. "I Still Haven’t Found What I’m Looking For" era a coisa real - embora nem todos pareciam concordar com isso. Em 1991, o Negativland, uma banda underground, com sede em São Francisco, lançou um disco intitulado U2. Era um pedaço de furto do pop em busca de atenção: eles tinham re-mixado e re-modelado "I Still Haven’t Found What I’m Looking For", intercalando com trechos de uma entrevista de uma conversa entre Bono e o DJ americano Casey Kasem. Era uma farsa, um golpe de maneira criativa comercialmente, e ganhou destaque pelo fato de que o logotipo do U2 dominou a capa. A Island Records entrou em ação e conseguiram uma liminar para evitar futuras vendas ou distribuição da gravação. O Negativland alegou que não havia nenhuma violação dos direitos autorais, porque o registro era uma paródia. E alegaram que o U2 estava se definindo como animais corporativos do rock, esmagando o que era essencialmente uma afirmação artística subversiva. "O que foi assustador para mim foi que as pessoas que estavam nos criticando, não estavam realmente ouvindo os discos", Bono disse a David Fricke da Rolling Stone. "Os discos não estavam propagando qualquer tipo de coisa de 'homens de pedra'. The Joshua Tree é um registro muito incerto. "I Still Haven’t Found What I’m Looking For" é um hino de dúvida mais do que fé."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...