Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Michael Stipe do REM fala sobre a relação do U2 com o fotógrafo Anton Corbijn


O holandês Anton Corbijn, um dos maiores fotógrafos do rock, lançou em 2005 o livro "U2 & I" (U2 & Eu), no qual 22 anos de história de banda são revelados em suas nuances pública e privada.
O nome da obra insinua uma parte importante do conteúdo do livro. "U2 & Eu" aproveita o trocadilho do próprio nome da banda - U2 pode ser um anagrama para "you too", que significa "você também", para dizer que o livro é também um registro da relação da banda com o fotógrafo.
Corbijn conheceu os integrantes do U2 em 1982, em Nova Orleans (EUA), e desde então, tornou-se seu principal fotógrafo, fazendo fotos para capas de discos, além de videoclipes e conteúdo de vídeos para as turnês.
O livro, com mais de 400 fotos tiradas entre 1982 e 2004, é aberto com um bate-papo entre Corbijn e Bono e as páginas estão cheias de legendas e memórias manuscritas pelo fotógrafo, que é considerado por especialistas em música como um dos principais responsáveis pela formação da imagem do U2.
"Há um casamento entre Anton Corbijn e os cavalheiros do U2", reflete Michael Stipe, vocalista do REM. "Um casamento do qual freqüentemente eu me pego com ciúme. Há uma conexão entre o olho dele [Corbijn] e o cérebro coletivo deles [U2], entre a completa falta de medo deles e o cérebro dele. É uma dança impressionante de se ver, com uma trilha sonora para combinar", completa.
Além de ilustrar dezenas capas de discos de bandas como Rolling Stones, Depeche Mode e o REM, fotos de Corbijn podem ser vistas nas páginas de revistas como Vogue, Vanity Fair, Rolling Stone e Mojo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...