Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Os segredos por trás dos elementos visuais da turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE - Parte 1


O astrofotógrafo e artista timelapse Jeff Frost teve seu trabalho requisitado para criar elementos visuais para a turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE - visto em canções como "City Of Blinding Lights", "Miracle Drug" e "With Or Without You".
Os elementos visuais para a turnê estão fora deste mundo. A história é a de que o U2 tinha visto fotos de Frost — "Jeff, somos fãs do seu trabalho", Frost diz ao The Creators Project sobre primeiro encontro com os músicos — e gostaram bastante para alistá-lo no seu processo de design de turnê, ao lado do diretor do show Willie Williams, a designer do set Es Devlin e a coreógrafa Morleigh Steinberg. Eles mandaram Frost para o Large Hadron Collider (Grande Colisor de Hádrons) do CERN na Suíça, para que ele pudesse capturar imagens para evocar o tema de inocência e experiência da turnê: a "rede neural da humanidade".

Para Frost, incorporar imagens do CERN, um domínio de servidores, e seu trabalho passado em timelapse e astrofotografia, ele tinha que se reconectar com a música da banda de uma forma que ele não sentia desde que ele era um garoto. "Quando fui contactado para este show, eu comecei a ouvir todos os discos antigos de novo, e eu me espantei que eu tinha perdido o contato com essa música", diz ele. Ele compartilha um momento favorito com a cineasta Aoife McArdle, cuja obra prima inspirada pela música do U2, estreou no The Creators Project em fevereiro: ""Every Breaking Wave" tornou-se minha música predileta do U2", confessa Frost. " É linda, é desoladora e sou eu."

Desde que a turnê começou em maio, Frost começou a capturar o seu trabalho do modo que era para ser visto, ou seja, em um estádio enorme na frente de milhares de pessoas. O U2 está na cidade de Nova York, em uma temporada de três semanas de duração no Madison Square Garden, então Frost contou ao The Creators Project sobre como fazer arte com o Grande Colisor de Hádrons, sua adolescência rebelde e sobre como registrou imagens da ponta da varanda da casa de The Edge.

The Creators Project: Há quanto tempo você ouve U2?

Jeff Frost: Cresci ouvindo U2, REM, Depeche Mode e outros. Me lembro de conseguir todo o catálogo do U2 em CD até 'Rattle And Hum'. Quando fui contactado para este show, eu comecei a ouvir todos os discos antigos de novo, e eu me espantei que eu tinha perdido o contato com essa música. As músicas são tão relevantes como quando foram lançadas. "Every Breaking Wave" tornou-se minha música predileta do U2.

The Creators Project: Como você conseguiu contato com o pessoal do U2 e do CERN?

Jeff Frost: O diretor do show, Willie Williams, veio até mim e me disse que ele estava tentando descobrir uma forma de representar a 'rede neural da humanidade'. Eu disse: "Ótimo! Me envie ao CERN e um domínio de servidores." Não pensei que realmente fariam isso, mas o U2 tem uma história de ser muito pro-ciência. Sua última turnê contou com um link ao vivo para os astronautas na Estação Espacial Internacional, que assim conversavam com público. Neste show novo, tem uma mensagem gravada de Stephen Hawking. Acontece que as pessoas no campo de U2 conhecem as pessoas de longe (Obrigado, Smasher!), e eu fui para a Suíça e a França. Ainda não acredito que isso aconteceu.

Do site: The Creators Project
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...