Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

U2 fez referência ao cineasta John Boorman na canção "Lemon"

Em 1993, Bono escrevia canções para o novo disco do U2, 'Zooropa'. Ele tinha sido incapaz de terminar a letra para uma música chamada "Lemon".
Encarando um grande bloqueio, The Edge e Brian Eno trouxeram à tona uma nova melodia e uma nova letra para a canção, e esta segunda letra falava sobre cineastas.
E nela, havia uma citação ao cineasta inglês radicado na Irlanda, John Boorman, mais precisamente na linha "A man captures colour, a man likes to stare. He turns his money into light to look for her" (Um homem captura cores, um homem gosta de observar. Ele transforma seu dinheiro em luz para procurar por ela).
Boorman uma vez deu emprego como diretor de produção, ao jovem Paul McGuinness (empresário do U2). Boorman costumava falar que ele fez a sua vida "transformando dinheiro em luz".
O filme que McGuinness trabalhou com Boorman foi 'Zardoz', de 1973, com Sean Connery.
Embora seus pais não fossem católicos, John Boorman foi educado pelos salesianos. Seu primeiro emprego foi como tintureiro, e no final da década de 1950 já era jornalista. Depois, começou a cinegrafar documentários para televisão, até ser contratado pela BBC como gerente da unidade de documentários de Bristol.
No início da década de 1970, Boorman chegou a esboçar um projeto para O Senhor dos Anéis, e levou suas idéias ao autor da saga, J. R. R. Tolkien. Os custos da produção, porém, revelaram-se muito altos, e o que pôde ser adquirido foi usado em Excalibur, um antigo sonho de Boorman, lembrado como uma obra mítica, além de uma das mais sinceras versões da lenda do Rei Artur.
Atualmente, Boorman vive em Annamoe, na República da Irlanda, com sua mulher, Christel Kruse.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...