Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Curiosidades sobre a gravação da canção "Gloria"

Nas sessões de gravações do disco 'October' em 1981, um enfurecido Bono, por ter perdido sua pasta com letras para o disco, ficou relembrando letras e improvisando, registrando tudo isso em fitas.
"Tive minhas anotações roubadas em Seattle, algumas semanas antes, então não tive letras escritas. Então tentei apenas tirar de mim o que realmente estava acontecendo nas canções. As coisas que são mais profundamente preocupantes, adormecidas no seu subconsciente, podem sair em lágrimas, ou temperamento ou um ato de violência..."
O produtor Steve Lillywhite então teve acesso à estas fitas, e de 24 faixas disponíveis, ele escolheu 8 faixas para Bono continuar sua lamentação.
"Gloria" foi cantada, em parte, em um tom monótono derivado das gravações de cantos gregorianos que o empresário do U2, Paul McGuinness, tinha fornecido à Bono. Algumas letras foram cantadas em latim, e quando Bono saiu do estúdio à procura de um dicionário de latim, a fim de traduzir suas próprias palavras expelidas, ele se deparou com um amigo que tinha estudado latim e levou ele para o estúdio para traduzir aquilo.
As palavras em inglês são um grito suplicante descrevendo a situação exata que Bono se encontrava: "Eu tento cantar essa canção / Eu tento ficar em pé / Mas eu não consigo encontrar os meus pés..."
Bono explicou: "William Butler Yeats disse que uma vez houve um período em que ele não tinha nada a dizer. Bem, para dizer que é em si uma declaração da verdade sobre a sua situação, então diga isso. Eu tinha essa sensação de tudo esperando por mim, e eu estava nu, nada para oferecer. Então, eu passei por esse processo de arrancar o que estava dentro de mim, para fora de mim."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...