Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

40 Anos de U2: Dark Space Festival, 1979


16 e 17 de Fevereiro de 1979 - Project Arts Centre, Dublin - Dark Space Festival

Público: 800 pessoas

Bandas: The Mekons, Rudi, Protex, The Outcasts, The Idiots, Berlin, DC Nien, The Atrix, The Virgin Prunes, U2, Phantom Orchestra, Rocky DeValera, The Boy Scoutz, The New Versions, Modern Heirs, Tearjerkers, Gillespie & Gibbs, Revolver, The Letters, Zebra, The Vultures.

Entrada: £4.00 (era £6.00, mas caiu o preço depois da desistência de John Lydon do Pil).

O Dark Space Festival no Project Arts Centre reuniu o maior número até hoje de artistas e bandas 'New Wave' da Irlanda sob o mesmo teto, do lado norte e sul. Como muitos festivais modernos, o Dark Space teve dois palcos: um no salão principal e um em uma sala menor. Muitas das bandas locais de Dublin tocaram no salão menor.
Uma nova banda chamada U2 tinha aparecido na cena musical de Dublin.
O U2 fechou o festival na noite de sábado. Seu set foi interrompido na metade (tocaram 5 canções) devido a atrasos de programação, com um organizador do projeto entrando em cena para agradecer a todos que participaram. O desempenho não foi muito bom, mas a banda tinha muita energia. O vocalista Paul Hewson tinha botas de cowboy pontudas, caças coladas, cabelo comprimento médio e bochechas rosadas, e a banda realizou uma apresentação frenética e desconcertante.

Hot Press - 22 de Fevereiro de 1979

Review: U2 no Dark Space Festival, um evento de 24 horas no Project Arts Centre em Dublin, Fevereiro de 1979




'Death Race 2000' já tinha passado da metade de seu tempo, quando o U-2 subiu ao palco com caloroso aplauso dos seguidores dedicados que tinham esquecido de trazer sacos de dormir. E a banda de rock n roll que costumava tocar na hora do almoço, sabia bem disso.
Com uma postura perfeita e entrega dinâmica, Paul Hewson esticava cada músculo de seu corpo e colocava a banda à frente, sempre prendendo a atenção. Enquanto eles se mostravam sempre confiantes e competentes, Dave Evans e Adam Clayton desmentiram a tendência intermitente para arrastar a música nas garras do mal-estar milenar de lodo do heavy metal, especialmente sobre a obscura e atmosférica "Shadows And Tall Trees". O som era bastante nítido. Ainda em números como "Cartoon World" e "Another Time, Another Place", eles mostraram bastante bravatas e inteligência para mostrar a alguém que esta jovem banda tinha cabelo no peito. "Street Mission" foi ótima. Seus bis "Glad to See You Go" foi enérgica, mas ligeiramente sofreu de seu ritmo mais lento que a do Ramones. Não se preocupe. Seus próprios números e entusiasmo vai vê-los passar.

Agradecimento: www.u2theearlydayz.com
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...