Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 31 de março de 2015

Frank Kearns conta sobre The Edge hipnotizado ao ver os Ramones em Dublin em 1978

Frank Kearns é um contemporâneo e companheiro antigo de escola do U2, amigo mais próximo de Larry na época, membro fundador do Frankie Corpse and the Undertakers, The Modulators e Cactus World News e criador do primeiro Rockschool Irelands.

O site @U2 (www.atu2.com), entrevistou Frank Kearns, e ele fez revelações interessantes sobre aqueles primeiros dias do U2:

"Paul McGuinness tornou-se o empresário do U2, e em junho de 1978 teve o show na Mount Temple, onde minha banda Frankie Corpse and the Undertakers foi a banda de suporte para eles.
Nosso baterista Keith Edgely não entrava em acordo em tudo com Larry, mas neste show tiveram que concordar que precisava de agilidade no palco, então Keith e Larry aquele dia dividiram a mesma bateria para as duas apresentações. O concerto aconteceu em cima da sala da caldeira.
Eu também estava no concerto dos Ramones naquele ano, no State Cinema em Dublin. Vi eles mais algumas vezes, inclusive no show do The Longest Day no Milton Keynes em 1985, quando eles foram banda de suporte para o U2.
Aquele show no State Cinema foi explosivo, como um trovão. Foi como um vulcão em erupção, a energia era incrível, toda a multidão correu para a frente, todos os assentos foram derrubados. Lembro-me claramente de ver Edge parado na precária parte de trás daquele cinema destruído, hipnotizado, olhando para a banda.
The Edge nessa época tinha começado com sons harmônicos. Um dia no ensaio ele estava tocando um riff sem parar. Foi "Barracuda" do Heart. Ele ouvia e tocava isso o tempo todo. Isso foi uma grande influência para ele com os harmônicos. Canções como "Twilight", "Shadows And Tall Trees", todas têm as harmônicas.
Eu estava usando um som feedback de guitarra na época do Cactus World News. Eu amo as mudanças harmônicas de feedback em torno da sala que você toca. Na verdade, quando o U2 estava gravando 'The Joshua Tree', aparentemente, Bono tinha persuadido The Edge para usar o feedback em algumas das canções, daquele jeito que eu tocava. Você vê, a configuração única de The Edge não estava configurada para feedback, mas Bono tinha me visto fazendo isso e queria que Edge experimentasse. No entanto, acho que todos concordamos que ele conseguiu esplendidamente em "Bullet The Blue Sky"."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...