Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

"Iris (Hold Me Close)", por Chloe Early

'Films Of Innocence' apresenta o trabalho de 11 artistas/criadores diferentes fazendo visuais inspirados nas canções do álbum 'Songs Of Innocence' do U2.
A artista Chloe Early contrasta urbanismo concreto com exuberantes paisagens para criar uma história de amadurecimento no vídeo desta música para a canção "Iris (Hold Me Close)".
"A banda teve a inspiração dos murais políticos da Irlanda do Norte e nos deu essa informação como ponto de partida", explicou Early. "Meu filme é uma resposta pessoal a minha própria conexão com Belfast, pois minha mãe cresceu lá, mas escolheu nos levar para Cork – a cidade mais distante dos problemas da Irlanda. Ela queria proteger-nos daquele ambiente".
"Me tornei mãe de um menino no momento de ouvir a música, e a letra 'Eu tenho sua vida dentro de mim' se destacou."
O vídeo interpreta o momento da transição da infância à idade adulta como uma viagem de um ambiente urbano para o mar, através de uma paisagem aberta e gramada.
Um ator de 14 anos de idade chamado Ryan Turner, interpreta o personagem principal, e são dadas ferramentas para a sua viagem no seu último aniversário na infância, em um andar no alto de um edifício de uma cidade sem nome.
"Eu queria fazer uma história de amadurecimento e capturar o momento da masculinidade, como ele passa da infância à idade adulta", disse Early. "Escolhemos representar isto como uma viagem através da paisagem, alternando entre a imaginação e a realidade e a pintura e o filme".
"Não tinha ideia até o álbum ser lançado, que a canção era uma homenagem do Bono para sua própria mãe, que infelizmente morreu quando ele tinha 14 anos", acrescentou.
Trabalhando com o produtor e diretor Robert Francis Muller, Early criou uma nova arte de recurso em vídeo, bem como a concepção da narrativa primordial.
O filme salta entre momentos, criando um efeito fragmentado que é a interseção com cenas de um corredor escuro. Com a jornada de progressão do jovem, o espectador é levado mais ao fundo do corredor, atingindo um clímax no final da canção, revelando a pintura de Early.
"Como o prazo era muito apertado para o projeto, eu estava trabalhando na minha pintura no estúdio quando Rob estava filmando com Ryan em locais da zona rural, por isso tive alguns desafios", disse Early.
"Foi interessante para mim, pois eu costumava trabalhar sozinha no estúdio, então é necessário um nível de trabalho em equipe e comunicação com todas as partes que é bastante estranho para quem pinta", ela disse.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...