Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

segunda-feira, 1 de maio de 2017

U2 entra no top 40 em 4 décadas diferentes e vai revisitar passado de glórias


O U2 conseguiu recentemente um feito alcançado por poucos: colocar uma canção sua - ou na qual participam - nos primeiros 40 lugares das paradas de vendas na América Do Norte, em cada uma das últimas quatro décadas.
A consagração surgiu com "XXX", canção presente no novo álbum de Kendrick Lamar e que conta com a colaboração do U2.
A canção atingiu o 33º lugar do top 100 da Billboard, sendo que todos as 14 canções presentes em DAMN chegaram a essa lista.
Além do U2, apenas Madonna, Michael Jackson e "Weird Al" Yankovic conseguiram colocar uma nova canção nos 40 primeiros lugares das paradas desde os anos 80. Bon Jovi e Whitney Houston também conseguiram, mas através de reedições de canções antigos.

Do site: Blitz (Portugal)

Relembrar discos icônicos da trajetória com relançamentos e turnês se tornou comum entre astros consagrados, como o U2, que celebra os 30 anos de 'The Joshua Tree'

Após dois minutos e meio de introdução instrumental, um Bono franzino e rebelde, com apenas 27 anos, subia ao palco vestindo jaqueta, chapéu de couro e botas de cowboy, os cabelos longos presos em rabo-de-cavalo. “Eu quero correr,/ eu quero me esconder/ Eu quero derrubar as paredes/ Que me seguram por dentro/ Eu quero alcançar/ E tocar na chama/ Onde as ruas não têm nome”, cantava. A letra, escrita por ele, havia sido inspirada em uma viagem à Etiópia e em conflitos entre católicos e protestantes no seu país de origem, a Irlanda do Norte.
A cada verso, o U2, àquela altura com cinco álbuns lançados, deixava de ser uma mera representante do rock europeu para se tornar um dos grupos mais populares do mundo. A cena se repetia em todos os shows da turnê de 'The Joshua Tree', disco lançado há três décadas, em março de 1987, e responsável por catapultar a carreira de Bono, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr.
“Eles capturam a imaginação de uma geração. Cantam para os anos 1980 como os Beatles cantavam para os anos 1960”, dizia o narrador de um documentário para a televisão, veiculado naquela época. Com 25 milhões de cópias comercializadas em todo o mundo, o álbum mais vendido do U2 e um dos mais bem-sucedidos da história da música ganhará reedição especial em CD e Vinil.
Além das 11 faixas da versão standard – entre elas, hits como "With Or Without You", "I Still Haven’t Found What I’m Looking For" e "Where The Streets Have No Name" –, o box conterá faixas extras (com raridades inclusas), gravações ao vivo e remixes. Completa o kit um álbum de fotografias feitas pelo guitarrista The Edge no Deserto do Mojave, na Califórnia, durante a sessão de fotos para divulgação do disco, em 1986. Em pré-venda no site U2.com, o material será disponibilizado em 2 de junho.
Em transmissão ao vivo pelo Facebook, Bono comentou a importância do disco: “É como se fosse uma ópera. Há uma porção de emoções muito atuais: amor, perda, sonhos esquecidos, esquecimento. Já cantei essas músicas, mas nunca todas elas juntas (...) Elas parecem proféticas do tempo em que vivemos”. Por sua vez, o guitarrista The Edge frisou, em entrevista à revista Rolling Stone, a atualidade dos temas tratados no álbum: “Com a eleição de Donald Trump, é como se um pêndulo mudasse de direção. O álbum foi gravado no meio dos anos 1980, durante a era Reagan-Thatcher, um período de muita agitação. É como se estivéssemos de volta a essa era, de certo modo. As músicas ganham um significado e ressonância que não tinham há três, quatro anos”.
Nostalgia ao vivo e a cores como cereja do bolo de comemoração dos 30 anos, o U2 vai sair em turnê com o repertório de 'The Joshua Tree' em países da América do Norte e da Europa.

Portal UAI
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...