Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 24 de maio de 2016

Segredos Revelados: "I’m Not Your Baby", a canção descartada do disco 'POP'


Em 1996 quando o U2 tinha muito do disco 'POP' gravado, ficou combinado com a Island Records que o disco seria colocado no mercado em agosto do mesmo ano, mas vendo o resultado de todas as músicas, o U2 percebeu que as sessões de gravação não era o que esperavam e tiveram que adiar o lançamento para o primeiro trimestre de 1997, quando a turnê já estava sendo promovida pelo mundo, e com as datas agendadas dos concertos.
Esta loucura logística envolveu duas coisas: haveria pouco tempo para as novas músicas serem ensaiadas e muitas das versões que estavam prontas no ano anterior, iriam ser descartadas e ficariam de fora do álbum 'POP'.
"I’m Not Your Baby" é uma canção que acabou seguindo este caminho e foi cortada do disco, porque a banda não se sentiu confortável com o conceito da música e também não conseguiram finalizá-la à tempo para o lançamento do álbum.
Uma das primeiras versões gravadas ainda no ano de 1996 nas sessões do disco, teve um trecho divulgado ano passado em um vídeo promocional criado para a gravadora Island Records na época, para mostrar o andamento das gravações de 'POP'.
Ouça o fantástico trecho da música original, com vocais de Bono e Edge, de 1 minuto e 55 segundos até 2 minutos e 35 segundos:



Se nota que "I’m Not Your Baby" era um esboço bem rock, com letras inacabadas. Seria uma grande contribuição para o disco, mas o U2 não estava contente sua produção naquele momento, e a canção ainda precisava ser mais trabalhada.
Foi então que em 1997, surgiu uma nova oportunidade para a música: o amigo e diretor alemão Wim Wenders, perguntou-lhes se eles poderiam colaborar com um tema para o filme que estava trabalhando chamado 'The End Of Violence', e então o U2 voltou à trabalhar na canção e adicionaram outra voz para cantar com eles, a da irlandesa Sinead O'Connor. A cantora já tinha um histórico de colaborar com a banda, já que havia contribuido para o projeto de The Edge, da trilha sonora de um filme de 1986 chamado 'Captive', e também na trilha sonora do filme 'In The Name Of The Father', com o qual ela trabalhou com Bono e Gavin Friday.
Esta versão de "I’m Not Your Baby" foi produzida por Flood e Howie B e eles terminaram sua mixagem no estúdio Hit Factory, em Nova Iorque, meses mais tarde do lançamento do disco em 1997.



A mixagem final está repleta de efeitos de som fornecidos por Steve Osborne e Howie B, samplers e loops que lhe deram um conceito moderno, com uma força conduzida pelo vocal de Sinead O'Connor, proporcionando um ambiente sombrio e a música é transformada em uma proclamação pública contra a violência de casais, mas cantada do ponto de vista das mulheres.
A letra de Bono tinha um ar de rebeldia e algumas passagens da música procuravam claramente uma voz feminina para dar ênfase para a maneira que alguns homens vêem as mulheres.
A canção é uma espécie de declaração de mulheres que se rebelaram ao conceito do homem machista e que querem tudo da mulher sem dar nada em troca: "Eu não sou sua mãe, você não é meu homem, eu não sou seu bebê", "não me trate como se fosse um truque, não vou te tratar como se fosse uma vacina. Não preciso de nenhum médico, não estou doente, eu não sou seu bebê".
Bono na letra tocou em um tema duro e direto para todos os irlandeses, e como eles vêem as mulheres nessa cultura Judaico-Cristã em que são criados.

Um remix instrumental da música foi incluído no lado b do single de "Please", lançado em outubro de 1997.


Agradecimento: U2 Valencia (U2 - I'm Not Your Baby.. el final de la violencia)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...