Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

iNNOCENCE + eXPERIENCE 2015 - 2° Ato


Após o intervalo (Intermission), o 2° ato começa com uma performance de "Invisible", como uma recriação do muro de Berlim no telão de vídeo amarelado que se dissolve para revelar o U2 alinhado dentro.
O grupo permanece dentro da tela para a performance de metade da canção "Even Better Than The Real Thing" antes de emergir para terminar a canção no palco.
Para a próxima seqüência, começando com "Mysterious Ways", a banda utiliza o palco "e" e o show é filmado por um fã no palco com um aparelho celular para transmissão ao vivo on-line através do app móvel Meerkat. Essas performances também são projetadas em telas de vídeo do palco. As transmissões ao vivo foram usadas primeiramente durante os shows de Phoenix e Los Angeles.
"Elevation" ou "Desire" estão entre as escolhas para serem tocadas na sequência, embora o U2 às vezes mude estas canções em outros concertos diferentes, podendo escolher "Ordinary Love", "Sweetest Thing" e "Volcano".
Após a morte de B.B. King em maio de 2015, a banda tocou "When Love Comes To Town" para homenagear o cantor com quem trabalharam em 'Rattle And Hum'. Outra canção tocada que também serviu de tributo para B.B foi "Angel Of Harlem".
Uma versão acústica de "Every Breaking Wave" foi tocada no palco "e", com apenas Edge no piano e os vocais de Bono. Durante a perna europeia, Bono e o Edge tocaram após "Every Breaking Wave", a faixa "October".
Neste momento no show, foi onde o U2 mais arriscou outras canções, tocando "New Year's Day", "All I Want Is You", "Stuck In A Moment You Can't Get Out Of", "Party Girl", "Two Hearts Beat As One", uma versão bagunçada de "Magnificent", uma excelente versão de "Satellite Of Love" nos moldes da ZOOTV com o vídeo de Lou Reed nas telas. Também reposicionaram "California (There Is No End To Love)", que a banda havia tocado uma única vez no ato da "Inocência".
As canções extras "The Crystal Ballroon" e "Lucifer's Hands" também foram tocadas ao vivo no palco "e".
Três faixas da banda foram tocadas uma única vez na turnê, neste set rotacional: "Zoo Station", "Spanish Eyes" e "In God's Country".
Para "Bullet The Blue Sky", Bono tematicamente re-interpretou a canção, modificando a passagem falada do meio da música, para ser uma crítica do Bono mais jovem, ao seu atual e seus excessos. No final da canção durante performances norte americanas, ele disse: "Mãos ao alto, eu sou um americano" e "não consigo respirar, eu sou um americano", abordando a agitação civil em comunidades dos EUA causada pela violência policial contra os afro-americanos.
Durante a perna europeia, Bono substituiu este segmento com pedidos para a resolução da crise de refugiados sírios, juntamente com um trecho de "Zooropa" re-contextualizada pela crise, seguida por "Where The Streets Have No Name".
Performances de "Pride (In The Name Of Love)" na America do Norte, tiveram como prelúdio um trecho estendido de "The Hands That Built America". "With Or Without You" foi tocada no final do 1° ato, com a banda frequentemente trocando sua posição no setlist.
Durante o bis na América do Norte, o U2 tocou "Beautiful Day", "City Of Blinding Lights" e "Where The Streets Have No Name", ocasionalmente incluindo "Bad".
Em apenas 2 shows, a banda incluiu na abertura do encore, a canção "Miracle Drug".
Em 4 apresentações, nos mesmos moldes de "Satellite Of Love" na ZOOTV com Lou Reed, o U2 apresentou a canção "The Troubles", com Bono fazendo um dueto virtual com o vídeo de Lykke Li no telão cantando sua parte da música.
De show para show, o U2 tem alternado entre "I Still Haven't Found What I'm Looking For", "One" e mais raramente, "40", como a canção de encerramento. O primeiro concerto de Vancouver marcou o primeiro show da turnê que o U2 não tocou "One" desde a sua estreia ao vivo em 1992 na turnê Zoo TV.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...