Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Kevin Seifert fala sobre a marcante apresentação do U2 no Superbowl de 2002


Super Bowl é um jogo do campeonato da NFL (National Football League), a principal liga de futebol americano dos Estados Unidos, que decide o campeão da temporada. Disputada desde 1967, a partir da junção das duas principais ligas do desporto no país (NFC e AFC), é o maior evento desportivo e a maior audiência televisiva do país, assistido anualmente por milhões de pessoas nos Estados Unidos e em todo o mundo. É também um evento que apresenta a publicidade mais cara da televisão; patrocinadores desembolsam pequenas fortunas para exibirem suas propagandas no intervalo. O Super Bowl também é o dia que tem o segundo maior consumo de comida nos Estados Unidos, só atrás do Dia de Ação de Graças.
O Super Bowl é o evento esportivo mais assistido dos Estados Unidos, e este ano chegou à sua 50° edição. Tradicionalmente antes do início da partida sempre algum artista dos Estados Unidos canta o Hino Nacional. Também entre o segundo e terceiro quartos há um show com algum outro artista.

O site Star Tribune trouxe uma matéria com Kevin Seifert, que cobre os jogos também para a ESPN, contando sobre um momento marcante para ele nas edições que ele trabalhou:

"Eu cobri sete Super Bowls, visitando algumas das melhores cidades do país para um dos maiores eventos esportivos do mundo. E se eu tenho algum arrependimento, é que eu gasto muito tempo fazendo o meu trabalho e não faço quase nenhum esforço para aproveitar e experimentar o mundo ao meu redor.
Houve uma ocasião, no entanto, quando eu não tive escolha.
Em 3 de fevereiro de 2002, em Nova Orleans, eu estava sentado ao lado do colega Kent Youngblood no espaço de imprensa no Superdome. O New England Patriots ganhava do St Louis Rams por 14-3 no intervalo, e comecei a escrever sobre a partida.
Não prestei nenhuma atenção que a banda do intervalo estava pronta e havia começado a tocar. Não sabia que o show estava acontecendo, na verdade, até que eu ouvi o Youngblood batendo no ritmo, na mesa de imprensa. Olhei para cima, e lá estava o U2 cantando "Beautiful Day".
Eu estava prestes a voltar a escrever quando uma bandeira começou a surgir por trás da banda. Eu li: "11 de Setembro de 2001", e conforme o U2 continuava com seu set, os nomes de cada pessoa morta nos ataques de 11/09 eram projetados sobre ela.
Foi o mais simples, mas mais comovente memorial às vítimas que eu já tinha visto. Por seis minutos, nome após nome apareceu no banner. A maneira como os nomes continuavam fluindo na bandeira naquela noite me tirou o fôlego. Impôs uma verdadeira sensação de perda da forma que um simples número não conseguia.
A oportunidade de assistir o show do intervalo pessoalmente, continua a ser um dos momentos mais evocativos que experimentei. Foi um lembrete que o Super Bowl é muito mais do que um jogo, e foi uma lição de vida verdadeira: de vez em quando, olhe para cima."

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...