Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

A canção que Bono desejou gravar, mas teve o pedido recusado pois a escolha foi por David Bowie


Um dos projetos relacionados à AIDS ao longo da década de 90 foi a série de álbuns Red Hot +. O U2 participou no primeiro, Red Hot + Blue, um tributo às canções de Cole Porter. Para esse álbum, o U2 gravou uma versão de "Night And Day", com uma sonoridade que mostrava o que estava por vir no próximo disco da banda.
Em 1998, a série anunciou Red Hot + Rhapsody, que foi uma homenagem às canções de George Gershwin. Foi o 12º lançamento desta série de álbuns. A mudança foi que cada canção em vez de ser retrabalhada por um artista, acabou sendo por dois. O álbum foi lançado em outubro de 1998, para marcar o aniversário de Gershwin.
O compositor Angelo Badalamenti foi escolhido para participar do álbum. Badalamenti é bem conhecido por seu trabalho em filmes e séries de televisão, muitas vezes em parceria com o diretor David Lynch. O tema de Twin Peaks? É trabalho de Badalamenti. Badalamenti conta a história de se envolver no projeto: "no conceito daquele ano eles disseram 'será canções de George Gershwin, mas tem que ser uma colaboração entre dois artistas. Adoraríamos que você seja uma dessas pessoas e então que tenha um outro parceiro nela', e eu disse 'tudo bem – mas eu gostaria de escolher eu mesmo minha música de Gershwin'. Assim eu escolhi “A Foggy Day In London Town”, porque sabia que eu poderia pegar essa música com seu verso e torná-la algo lento e obscuro, no estilo mesmo de Angelo Badalamenti."
Badalamenti originalmente cortou a faixa, usando seu próprio vocal, mas a gravadora queria continuar com o conceito de colaborações para o álbum. A gravadora disse para Badalamenti que queriam pegar sua gravação e mostrar para vários vocalistas para ver quem estaria interessado. Mais tarde naquela mesma noite com Badalamenti trabalhando no estúdio, o engenheiro recebeu uma ligação e era David Bowie. Bowie disse: "Por favor, por favor, deixe-me ser o cantor nela." Badalamenti concordou, e disse a David Bowie que era dele.
Apenas algumas horas mais tarde, às 07:00 da manhã, Badalamenti recebeu outro telefonema. Desta vez era Bono.
"Eu estava em casa e o telefone tocou. Ouvi a voz. "Angelo, Angelo!" "Quem é?" "Aqui é o Bono. Estou no carro, estou na Irlanda. Ouvi esta faixa. Eu estou tão ocupado. Estou em turnê. Estou trabalhando em um álbum com minha banda, e eu tenho dez mil coisas para fazer. A última coisa que eu queria ouvir é uma faixa como essa. Mas, me deixe ser o cantor nesta faixa?"
Eu disse: "Bono, cara, seria ótimo, mas ontem eu prometi ela para Bowie." E Bono disse: "Certo, ele canta bem também!"
Então, se Bono tivesse sido um pouco mais rápido, ele poderia ter cantado na canção de 1998 presente no álbum Red, Hot + Rhapsody, mas em vez disso ela foi gravada com Bowie nos vocais.
Badalamenti, originalmente, contou a história na East Village Radio em março de 2014, e as citações são tiradas daquela entrevista. Também recentemente, ele contou a história na BBC Radio.


Por Aaron J. Sams, do site U2 Songs (antigo U2 Wanderer)
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...