Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

10 Anos de Vertigo Tour no Brasil: A Chegada em Salvador, Bahia


22 de Fevereiro de 2006

Depois do sucesso dos shows realizados em São Paulo, o cantor Bono e os demais integrantes do U2 desembarcaram no final da tarde em Salvador para prestigiar o carnaval baiano. Convidados do ministro da Cultura, Gilberto Gil, eles permanecem na capital baiana até o fim de semana. Mas a agenda de Bono na Bahia é um segredo que Gil não revela nem sob pressão.
— Não, eu não posso contar nada. Só ele é quem pode abrir a agenda dele. Não tenho autorização para isso — desconversou o ministro, em sua casa na capital baiana, onde recebeu vários artistas da terra para um almoço.
A banda chegou num vôo fretado e desembarcou no pátio 3, uma pista secundária do aeroporto de Salvador. O produtor musical, maestro e compositor americano Quincy Jones acompanhava a banda irlandesa.
Bono desceu do avião, um Air Bus A320, esbanjando simpatia. Cumprimentou todos os funcionários que trabalhavam na recepção do vôo, distribuiu abraços, beijos, autógrafos e ainda posou para fotos. A comitiva, de cerca de 45 pessoas, foi acomodada em cinco vans. Os músicos utilizaram uma saída do terminal de cargas, driblando a imprensa. Um comboio da Polícia Militar garantiu a segurança dos astros.
À noite, eles jantaram na casa de Gil em companhia de duas estrelas da axé music, Daniela Mercury e Ivete Sangalo. Eles devem conhecer o camarote de Gil e amanhã estreiam na folia, desfilando no trio Expresso 2222, do cantor e compositor baiano. Sobre uma eventual “canja” de Bono no trio, Gil reagiu com bom humor:
— Espero que não, seria uma trabalheira para conter a multidão — disse o ministro da Cultura, rindo.
O Expresso 2222 sai sem cordas e sem bloco, tocando para os foliões na rua.
As informações, não confirmadas, são de que os integrantes do U2 ficarão hospedados numa casa alugada no condomínio de Interlagos, no litoral norte baiano, mas poderão se transferir, durante o carnaval, para o Hotel do Carmo, um antigo convento remodelado, no Centro histórico.
“Carnival begins now!”. “O Carnaval começa agora!” Essa foi a primeira declaração pública do cantor Bono, após sua chegada a Salvador. Ele, o guitarrista The Edge, o baterista Larry Mullen, o baixista Adam Clayton e mais uma equipe de 40 pessoas foram recepcionados com uma seleta salva de palmas no Terminal de Cargas Aéreas do Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães. Havia a expectativa de que os músicos chegassem à cidade por volta do meio-dia, junto com o Ministro da Cultura, Gilberto Gil, seu anfitrião na cidade. Na sala de autoridades do aeroporto, Gil declarou apenas que os convidados pousariam em Salvador no final da tarde.
A operação de segurança montada pela Infraero e o Batalhão de Choque da Polícia Militar incluiu oito vans, quatro caminhonetes, motos de batedores, um caminhão, dois ônibus e dois carros de apoio. A quantidade de policiais e funcionários envolvidos no esquema não foi divulgada. A concentração para a chegada da banda começou no início da tarde do dia anterior, em frente ao Terminal de Cargas. A comitiva fortemente escoltada entrou na pista de pouso por volta das 16h45. Para quem acompanhava a distância, a expectativa aumentava a cada avião que tocava o solo. O grupo só pousou por volta das 18h30, num avião estampado com a fusão preto, vermelho e branco, que marca a turnê Vertigo.
Abertas as portas, apenas membros da equipe desembarcaram da aeronave. O suspense continuou por cerca de dez minutos, quando um Bono tranqüilo e relaxado apareceu no alto da escada móvel, sem abrir mão do tradicional chapéu de caubói, jaqueta preta, e óculos escuros, os mesmos de lentes cor de vinho que usou nos shows em São Paulo. Demonstrando simpatia pelos brasileiros, Bono e The Edge se afastaram das vãs onde deveriam embarcar e foram em direção à área operacional do aeroporto, cumprimentando, um por um, os funcionários envolvidos na operação, além de alguns admiradores.
Como a área era totalmente reservada, os apertos de mão, abraços e fotografias correram sem pressa. Depois de deixar o aeroporto, a comitiva seguiu em direção ao litoral norte, onde o grupo deveria descansar, para mais tarde participar de um jantar oferecido por Flora Gil, esposa do ministro, na residência da família, no Horto Florestal. O encontro teve a presença do governador Paulo Souto e do prefeito João Henrique.
Gil contou como conheceu Bono e como surgiu o convite para que ele visitasse a Bahia. "Em julho de 2005 eu estava comendo num restaurante em Eze (cidade turística na Côte D’Azur, na França)", lembrou. "Alguém me disse: ‘Olha, o Bono tá ali.’ Eu fui lá e me apresentei, ele se lembrou de mim. ‘Eu sei, você é o ministro da Cultura do Brasil. Estive com você em Davos’." Quando ficou acertado que o U2 faria shows no Brasil, a mulher de Gil, Flora, o lembrou do encontro e ele falou novamente com Bono, convidando-o para conhecer a Bahia.
"Há uns dez dias, ele já estava na turnê, logo depois do Grammy, e aí chegou o pessoal do staff dele para acertar tudo. Disseram: Bono está chegando e quer ir à Bahia".
A única informação divulgada é a de que os integrantes do U2 curtirão a festa do Expresso 2222 na quinta-feira. Como se veste de Filho de Gandhy todos os anos, o ministro prometeu oferecer uma fantasia para que Bono use no camarote.
Bono disse em entrevista à TV Bahia (afiliada da TV Globo) que a banda está em férias e não planeja trabalhar. "Somos turistas e fãs do Carnaval." Segundo o vocalista, o U2 pode voltar em outros anos, quando tiver melhor compreensão da comemoração. "Eu quero ver e sentir o Carnaval."
Para ele, o Carnaval é mais complexo e interessante do que uma festa, que descreveu como um "festival religioso".




23 de Fevereiro de 2006

No começo da madrugada, os irlandeses retornaram para o condomínio onde estão hospedados e descansaram durante toda a manhã desta quinta - feira. Dois integrantes do U2, disfarçados, aproveitaram o calor de 34ºC para tomar banho de mar.
Bono, e seus companheiros de banda The Edge e Larry Mullen já agitam Salvador. “Quais são minhas primeiras impressões sobre a Bahia? Mulheres. Grandes ondas. Areia no pé. E a melhor comida do mundo”, disse Bono à reportagem, por volta da uma hora da manhã de quinta-feira, saindo de um jantar de boas-vindas ao grupo U2 na casa de Gilberto Gil, em Salvador. Segundo Gil, difícil definir para qual prato foram dirigidos os elogios de Bono à sua cozinha: “Comeram de tudo: carne-de-sol, moqueca de camarão, peixe à moda de Ilhéus, um robalo. Acarajé não, não fizemos”, disse o cantor.
A presença do U2 alvoroçou a vizinhança do ministro na sua casa no Horto Florestal, em condomínio fechado residencial de classe média alta de Salvador. Uma dúzia de vizinhos, garotos e garotas, passaram a noite esperando Bono sair. “Se vocês não gritarem, ele fala com todo mundo”, disse um segurança. Dito e feito. O cantor posou para todas as fotos, abraçou, beijou e se divertiu com os fãs privilegiados e ainda incrédulos com o “mole” que tiveram.
Apenas Bono, The Edge e Larry Mullen Jr. foram à casa de Gil. O baixista Adam Clayton não apareceu. Bono está hospedado num condomínio fechado numa praia a meia hora de Salvador, no litoral norte. Os outros estão em um hotel no bairro Rio Vermelho. Passaram o dia na praia. O núcleo central da axé music foi convocado para recepcionar o grupo irlandês: Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Carlinhos Brown, Margareth Menezes. O prefeito de Salvador, João Henrique, e o governador da Bahia, Paulo Souto, também foram à recepção. Carlinhos Brown intimou Bono e seus colegas e também o arranjador e maestro Quincy Jones, de 73 anos, para irem visitar seu projeto sócio-musical do Candeal e fazerem um som juntos, nesta quinta. Quincy Jones foi produtor de discos fundamentais de gente como Miles Davis, Michael Jackson, Frank Sinatra, Count Basie, Aretha Franklin, Ray Charles, Peggy Lee, só para citar alguns.
"É todo mundo legal, todo mundo gente fina", elogiou Ivete, lambendo um pote de doce que, brincou com os fãs, o próprio Bono lhe deu. "É um exemplo de artista. Usa a representatividade que tem para falar de coisas urgentes, que são reais. É bom ver que gente como ele, a (Angelina) Jolie, o Brad Pitt, estão empenhados em mudar as coisas. Bono não faz demagogia, fala de coisas profundas", disse Margareth Menezes.
Bono visita o camarote Expresso 2222, da empresária Flora Gil, mulher de Gil, que estará fechado apenas para a banda, e assistirá a desfile de blocos. Na sexta-feira dia 24, ele vai assistir ao Carnaval e todos esperam que saia no Trio Elétrico de Gilberto Gil. Mas o ministro aconselha a irem devagar com o andor. “Não quero apresentar a fatura para ele. Imagine, vir aqui para faturar o Bono. Ele vai se ele quiser, se estiver disposto”, disse Gil.




Agradecimento: Arquivo de Notícias Ultraviolet Fã Clube Brasil - Patricia Moura
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...