Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

1979: A Grande História Da Inocência - Parte 06


Tendo mais uma vez não conseguido garantir um acordo satisfatório com uma gravadora inglesa em sua terra natal, Paul McGuinness então decidiu levar a luta para sua porta. Alguns show em clubes de Londres foram marcados para Dezembro de 1979. Ninguém em volta do U2 queria admitir, mas havia um certo desespero no ar durante este período. Estava terminando uma década, a era new age foi diminuindo e o interesse das gravadoras foi desaparecendo rapidamente. Além de tudo isso, Paul McGuinness foi ficando sem fundos e o pacto de The Edge com seus pais para abandonar a música e ir para o ensino superior, estava estourando o prazo.
Algumas pessoas acompanharam a estreia do U2 em Londres, nos shows no Hope & Anchor, Moonlight Club, Dingwalls, Rock Garden, Lyceum e Nashville. Essa estreia só se tornou grandiosa para uma retrospectiva, por causa de quão grande a banda se tornou mais tarde.
"Lembro-me do show no Nashville", diz Paul Slattery. "Eles estavam como banda de suporte do Secret Affair, ou algum outro, e quando o U2 chegou lá não tinha quase ninguém dentro. Só um monte de mods no bar. Eles tocaram para 20 pessoas, eu acho. Mas o show no Dingwalls foi grandioso, e estava bastante cheio."
Durante a sua estadia, Slattery ficou com pena daqueles adolescentes irlandeses abatidos, bajulando-os em outra sessão de fotos com ofertas de uma refeição decente.
"Eles estavam sem dinheiro", recorda Slattery. "Eles estavam hospedados neste apartamento que McGuinness conhecia em South Kensington, e eu disse 'Foda-se'. Peguei-os no dia depois do show no Dingwalls, eu tinha uma velha van Mini no momento. Eu fiz algumas fotos no apartamento, então levei eles até a margem do Rio em Chiswick e fizemos outra sessão. E eu estava morando nesta casa no Sunbury On Thames, então levei eles até lá e dei à eles chá e sanduíches de bacon. Alimentei eles um pouco. Ninguém me pediu para fazer as fotos, eu pensei: que se foda, quero fazer – Bono tem carisma e eu gosto dele."
Chas De Whalley também renovou seus laços com a banda durante sua permanência em Londres. A CBS tinha concordado em um segundo single para a Irlanda, "Another Day", que foi gravado no estúdio da gravadora na Whitfield Street, um dia antes do U2 voltar para Dublin. Ele encontrou o jovem quarteto mais confiante do que antes, mas também um pouco esgotado.
"A voz do Bono estava completamente prejudicada, por causa dos shows", recorda De Whalley. "Ele tinha dificuldades, e ele estava no mel e limão. Lembro-me de sugerir-lhe que, no segundo ou no terceiro verso, ele devia sussurrar a letra além de cantar, aquela coisa clássica de David Bowie – que era minha característica de produzir, tentando obter o vocal com um grau de textura. Nós gravamos isso em oito horas, então eles voltaram para Dublin e eu e o engenheiro, Walter Samuel, agendamos para mixar ela na manhã seguinte de quarta-feira. Então eu peguei instruções por telefone com Bono sobre o que fazer. Lembro-me que tinham uma parte de guitarra que aparecia quatro vezes antes dos vocais, e eles queriam apenas três – que é novamente uma indicação de que eles eram cientes de não serem convencionais, de não concordarem com qualquer coisa."
Infelizmente, a banda provou também que era incompatível para a CBS. "Another Day" finalmente foi lançado na Irlanda, em fevereiro de 1980, quando o selo tinha esfriado totalmente com o U2.
"Eles assinaram somente com a parte na Irlanda, e essa parte não ia gastar um dinheiro valioso em uma banda que não queriam em Londres", explica De Whalley. "Foi o caso, naqueles dias, e provavelmente ainda é verdade até hoje, porque o mercado irlandês é muito pequeno. Eu ainda tenho um projeto de lei nas mãos para a gravação, com um bilhete escrito Paul McGuinness dizendo: 'Desculpe, eu só poderia conseguir para você uma cópia, é muito complicado com a gravadora....'"
De fato foi. Na verdade, enquanto morria os anos 70 e nascia os anos 80, as coisas pareciam complicadas mesmo para o futuro do U2.

Revista Uncut - Dezembro de 1999
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...