Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

A história envolvendo o fanzine 'Heat' e Paul McGuinness


No verão de 1979, o empresário do U2 Paul McGuinness, acusou de difamação um fanzine de Dublin chamado 'Heat'. O Heat era muito bom, tinha uma forte estética e uma linha de partido que defendia ferozmente a banda punk original da Irlanda, Radiators From Space. Mas eles não eram nada mais que um fanzine.
"McGuinness é bom para U2" foi a manchete de uma das edições, com uma história que Paul se beneficiou de algum subterfúrgio para garantir que o U2 fosse a banda de abertura de um show de prestígio no Trinity, substituindo assim uma outra banda local rival do U2, o Modern Heirs.
McGuinness ameaçou processar o Heat, a menos que o artigo fosse retirado, mas um lote já tinha sido disponibilizado pela Easons. McGuinness posteriormente descobriu e processou a revista garantindo seu fechamento e seu lugar na história do folclore da música irlandesa, e um show beneficente organizado para o Heat foi realizado no National Ballroom em julho de 1979, para cobrir os custos. A banda foi chamada de The Defenders, com os ex-Horslips Charles O'Connor e Eamonn Carr, Gary Eglinton no baixo, Donal Broughan nos vocais com o icônico roadie Paul Verner, e Frankie Morgan do Sacre Bleu nos teclados, acompanhados no palco por convidados como Steve Rapid, do Radiators From Space, que viria a ter uma importância fundamental na carreira do U2.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...