Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

U2 comemora 39 anos de sua existência, em cima do palco em show pela turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE em Berlim


Hoje, 25 de Setembro de 2015, o U2 realizou o segundo de quatro shows em Berlim, Alemanha, pela turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE.

39 anos atrás, 25 de Setembro de 1976, um sábado, 6 pessoas (Dave e Dick Evans, Peter Martin, Adam Clayton, Paul Hewson e Ivan McCormick) compareceram na Avenida Rosemount n°60 - Artane, Dublin, em resposta à um anúncio no mural da escola Mount Temple, colocado pelo jovem de 14 anos de idade, Larry Mullen, que procurava músicos para formar uma banda. O endereço era o da sua casa, e a "audição" foi realizada na cozinha.

Durante o show de hoje, Bono fez algumas referências ao 39º aniversário do anúncio de Larry e da formação do U2.


Ao apresentar a banda em "The Eletric Co.", Bono agradeceu Larry pelo aviso no mural da escola e disse: "Somos uma banda do lado norte de Dublin chamada U2. Éramos chamados de The Hype."


Um fã vestido de MacPhisto foi chamado ao palco.

Bono viu na platéia um fã brasileiro vestido com uma camiseta Coexist, mas nas mãos com a já histórica camiseta 'The Larry Mullen Band', que ele entregou para Bono.
Bono então deu a camiseta para Larry, colocando-a na frente de sua bateria.
O fã brasileiro foi convidado para fazer a transmissão do Meerkat. Seu nome é Eduardo e ele faz parte do Ultraviolet U2 Fan Club Brazil, e estava no concerto junto com outros membros do fã clube!


Bono dedicou "Every Breaking Wave" para seu amigo de infância Reggie "Bad Dog" Manuel, que o convenceu a participar da reunião de formação do U2, e o levou de moto para aquele histórico primeiro ensaio.


Quando Bono estava em recuperação pelo seu grave acidente de bicicleta, ele disponibilizou um enorme texto no site oficial do U2, um A à Z de 2014, com o título: Pequeno Livro de um Grande Ano.
Bono falou entre muitas coisas, sobre amizade. Ele então lembrou da importância de Reggie Manuel: "Foi o meu amigo Reggie Manuel, o “Bad Dog”, que me convenceu a ir àquela primeira reunião. Ele acreditou em mim de uma forma que me parece incompreensível. Quando todos diziam que eu devia ser vendedor ambulante, ele dizia: “Não. Você deve fazer outra coisa e esta pode ser a sua oportunidade.” E eu disse que não faria aquilo, que não poderia de maneira alguma andar com aquela gente, porque eles não eram legais. E nunca teria ido, pois me encontrava numa fase de auto-consciência na minha adolescência. Tinha perdido toda a confiança em mim mesmo. Mas o Bad Dog disse: “acho mesmo que você devia ir. Eu te levo lá” E assim fez. Apareci na casa do Larry, em Artane, sentado atrás na moto do Reggie. Acho que nem sequer levei a guitarra, porque não conseguia transportá-la na moto. Mas isso não queria dizer, de forma alguma, que eu iria cantar. Naquela altura, eu gostava era de guitarras. Devo ter achado que desenrascava com facilidade, que podia usar a guitarra de outro qualquer. Tinha de me armar em grande estilo e tentar causar boa impressão. Tinha ensaiado um pouco do solo "Abraxas", do Santana. Pelo menos, pensava que seria capaz de o tocar até que o Edge o tocou e me soou bem diferente."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...