Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

George Herbert Walker Bush e outras curiosidades da canção "Zooropa" do U2


A introdução instrumental de quase 2 minutos da canção "Zooropa" do U2, é conhecida como "Babel". A banda nunca confirmou que este termo é oficial, mas confirmam que a introdução era considerada uma trilha separada de "Zooropa", que acabaram sendo mixadas juntas na edição final.
Esta introdução apresenta uma colagem com ruídos e indecifráveis vozes humanas de sinais de rádio.
As vozes de fundo incluem um pequeno trecho de George Herbert Walker Bush, o 41º Presidente dos Estados Unidos, dizendo "Peace talks" (Negociações de paz).
As letras nos três primeiros versos da canção consistem em vários slogans de publicidade. Nas notas do álbum no encarte, está escrito: "Zooropa opening courtesy of the advertising world" (A abertura de Zooropa é uma cortesia do mundo da publicidade).
O DJ Alan Carter observou que os sons da canção pareciam desenhar uma conexão com 'Achtung Baby', mas Bono afirmou que não foi intencional e que ele não queria ter "nada a ver com o passado".
Após os três primeiros versos de slogans publicitários, a canção continua com as letras "eu não tenho uma bússola, e eu não tenho nenhum mapa" e "não há razão para voltar", referindo-se a incerteza da nova direção da música do U2 naquele momento.
Um dos versos começa com "eu não tenho religião", que foi incluído nas letras porque Bono afirmou que ele acreditava que "a religião é o inimigo de Deus."
O U2 usou na letra a frase "dream out loud", que já haviam utilizado na canção "Acrobat" de 'Achtung Baby', e que Bono utilizou pela primeira vez em 1989 na turnê Lovetown.
A mesma frase está no lado b "Always" e também em "Beautiful Day".

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...