Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Ex-colega dos tempos de escola lembra com carinho do U2 antes da fama


Eles são um grande exemplo de trabalho duro, perseverança, talento, amor, fé e vulnerabilidade, crença e energia. Icônicos hinos em canções de inocência e atos de insolência. Algo para fazer seu coração irlandês bater com orgulho. Com mais orgulho ainda se você dividiu um corredor da escola com eles.
Eles fizeram você querer voar com o verde, branco e laranja da Irlanda, e com o preto e azul da escola Mount Temple. Você iria vê-los depois da escola quando todo mundo estava indo para casa ou lá fora para fumar um cigarro escondido, ou dar um amasso não tão escondido. Lá estava o Sr. Moxham para abrir para eles alguma sala para que eles pudessem tocar suas canções. Eles acreditavam. Eu os amo por isso.
Era uma época que você brincava de associação de palavras com qualquer pessoa do mundo e dizer "Irlanda" provavelmente faria eles dizerem "terrorista". Era uma época quando a maioria das famílias estavam enviando pelo menos um refugiado para um país estrangeiro com um coração cheio de esperança e uma caixa cheia de memórias e fatias finas de carne.
Quando você entrava pela porta principal do colégio, através das paredes de bloco frio, você podia ouví-los... em algum lugar alguém iria começar a cantar 'I Want You To Show Me The Way' e em algum lugar profundo na alma, todos nós naquela escola sabíamos que aqueles quatro um dia iriam encontrar seu caminho.
Eu também assisti uma das primeiras performances. Não tenho certeza se foi o seu primeiro concerto, mas foi um deles. Um show de talentos da escola. Eles eram impressionantes, eles estavam firmes, eles fizeram aquela música do Bay City Rollers soar mais rock n roll.
Também lembro do dia que vi o anúncio no quadro de avisos. Eu estava trabalhando, mas corri para verificar o quadro de avisos.
Mr. Hughes tinha colocado a equipe júnior de hóquei para uma partida fora, o que significava metade do dia em uma viagem de ônibus e como era um jogo contra outra escola, significava que haveriam meninas também. Sentado em um banco no canto lendo a NME estava um sujeito do meu ano, chamado Larry.
Ele era um cara bonito e legal. Ele estava sentado ali como um pescador que tinha apenas lançando sua isca. A atração daquele dia foi a nota intrigante dizendo algo como 'baterista procura músicos para formar uma banda'. Nós não tivemos tempo para conversar sobre isso, pois estávamos de olho na lista da equipe do jogo. Morris -Fyffe -Magowan -McNulty-Carley. Sim, eu estava no time!

Eu vi o aviso no quadro da Mount Temple. Isso eu me lembro. Larry conseguiu seus músicos. Adam e Paul (o que daria um bom filme) e David se juntou a ele em uma odisseia que iria levá-los até príncipes e presidentes. Uma odisseia onde eles trilhariam lugares bem maiores que nossa escola, e eu veria muitas vezes as fotos deles na capa da NME.
Sim, eu vi o aviso. Larry ainda toca na banda. No entanto, parou de jogar hóquei em junho de 1979.

Mundo engraçado

Robert Carley frequentou a escola Mount Temple entre 1975 e 1979. Ele conheceu sua esposa Jean na escola, mas infelizmente ela faleceu subitamente em 2011. Ele organizou uma Ted Talk este ano na saúde mental, intitulado You're Lovely, Lovable and You're Loved.

Do site: Irish Independent
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...