Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

40 Anos de U2: As Primeiras Gravações - A 6° Sessão


Sexta Sessão: Fevereiro de 1980, Windmill Lane Studios, Dublin, Irlanda
"Trevor" (mais tarde evoluída para "Touch")
"The Dream Is Over" (inicialmente uma canção chamada "The Kings New Clothes")
"Silver Lining" (rapidamente evoluída para "11 O’Clock Tick Tock")
"A Day Without Me" (Demo Version)

NOTA SOBRE OS TÍTULOS DAS CANÇÕES: "The Dream Is Over" foi apresentada por esse nome ao vivo em um concerto em maio de 1980 em Tullamore, Irlanda. O título anterior "The Kings New Clothes" pode ser ouvido para a música em um show muito antes em Cork quando Bono introduz a canção. As letras mudaram entre esses dois períodos. "Silver Lining" é um antigo título para "11 O’Clock Tick Tock" que tinham letras muito diferentes do que a versão definitiva que estamos familiarizados.
Esta sessão de gravação é quase desconhecida, mas há evidências que ela tenha existido sim.
"Trevor" e "The Dream Is Over" existem em gravações completas. "Trevor" é uma versão inicial de "Touch", que mais tarde seria gravada para o b-side de "11 O’Clock Tick Tock". "The Dream Is Over" inicialmente era "The Kings New Clothes", mas até onde se sabe, não foi gravada em estúdio nesta sua versão inicial. Uma gravação completa da demo de "A Day Without Me" existe também e foi lançada em bootlegs ao longo dos anos. A questão sempre foi: em qual sessão de gravação estas canções foram registradas?

"Trevor" em sua forma demo não tinha ainda se transformado em "Touch", então sua gravação ocorreu antes da sessão de abril de 1980 com Martin Hannett para a gravação de "11 O’Clock Tick Tock". Como uma canção, "Trevor" começou a aparecer em concertos em fevereiro de 1980. Ela foi tocada como "Trevor" por alguns meses, até abril de 1980, quando começou a ser tocada com a nova letra. "Trevor" às vezes foi listada como tendo sido gravado na primeira sessão demo em 1978, mas essas demos eram muito mais cruas no som e só existe, trechos delas, e a qualidade do áudio é muito diferente da versão completa de "Trevor". Há também a questão de um concerto em Tullamore, Irlanda, em 2 de março de 1980, onde Bono apresentou "Trevor" como "esta é uma canção nova, esta é chamada de "Trevor"." É muito improvável que ela tenha feito parte daquelas sessões iniciais, e é mais provável que ela tenha sido gravada em estúdio em fevereiro / março de 1980.



Da mesma maneira, "The Dream Is Over" vem de um período similar. Embora os setlists de shows do U2 daquele período não sejam completos, podemos ver que esta canção não foi tocada até o final de 1979, com uma aparição em dezembro daquele mesmo ano. Antes daquele período foi tocada como "The Kings New Clothes". E há registros de "The Kings New Clothes" sendo tocada até novembro de 1979. A transição entre um conjunto de letras para o outro parece ter tido lugar no final de 1979. Ainda assim, existem relatos de que "The Kings New Clothes" fez uma aparição final em 23 de dezembro de 1979 no Dandelion Market em Dublin. "The Dream Is Over" é relatada já em 1 de dezembro de 1979, mas as duas canções musicalmente são as mesmas, então é provável que Bono tenha começado a brincar com as letras. Quando eles tocaram no Estádio Nacional em Dublin em fevereiro de 1980, certamente tornou-se "The Dream Is Over". A última performance foi em maio de 1980, então é quase certo que essa música foi gravada entre dezembro de 1979 e maio de 1980.



Então temos duas músicas que quase certamente foram registradas no início de 1980. Mas nenhuma sessão de gravação é confirmada deste período. A sessão em 1979 no Eamonn Andrews resultou em uma série de demos que vazou, mas diferentes em qualidade de som e raramente são agrupadas com estas duas faixas. A sessão após aquela, a primeira com de Whalley, produziu 'Three' e tem sido bem documentada. Frank Kearns confirmou que apenas três faixas foram finalizadas naquela sessão. Chas de Whalley confirmou que apenas duas músicas foram gravadas na outra sessão com a banda em Londres, "A Day Without Me" e "Pete The Chop". A sessão em abril de 1980 com Martin Hannett só produziu duas canções, "11 O’Clock Tick Tock" e "Touch".
Houve outra sessão demo depois da banda voltar de Londres, em dezembro de 1979. Paul McGuinness financiou algum tempo para a banda trabalhar em algumas novas canções no Windmill Lane Studios, em fevereiro de 1980. Mais uma prova que houve outra sessão demo vem de The Edge no livro U2 BY U2: "nós tocamos para Martin uma demo de "11 O’Clock Tick Tock". Ele não estava impressionado com o demo, mas ele disse que gostava da música." Então quando a banda foi para Londres para se encontrar com Hannett, em março de 1980, tinham uma versão demo de "11 O’Clock Tick Tock" já gravada, que nunca apareceu em bootlegs. Mas é mais uma prova que outra sessão demo aconteceu e não está documentada. E também sabemos que há uma gravação inicial de "A Day Without Me" presente em alguns bootlegs, que pode ter também sido trabalhada durante esta sessão. A sessão apresentada aqui funciona para "Trevor" e "The Dream Is Over", e é quase certeza que foi onde "11 O’Clock Tick Tock" foi inicialmente desenvolvida e provavelmente também a gravação demo de "A Day Without Me".
Esta fita apresentada à Martin Hannett provavelmente era com "Silver Lining". Na época das sessões de gravação, fevereiro de 1980, a banda ainda apresentava a canção nos shows como "Silver Lining".
É provável que uma fita contendo as 4 canções citadas, estavam na fita ouvida por Martin Hannett, mas uma versão de estúdio de "Silver Lining" jamais apareceu em bootlegs. Então não se pode afirmar como era a versão de "11 O’Clock Tick Tock" ouvida por Martin. Se era uma versão mais desenvolvida da canção, mas com as letras antigas, ou se era similar à versão ao vivo que conhecemos de "Silver Lining", ou se já era algo mais próximo de "11 O’Clock Tick Tock".



Permanece o mistério do por que esta sessão foi esquecida. Ela deve ter sido usada como um avanço para as canções que a banda trabalhava, e para Martin Hannett ouvir as demos e possivelmente escolher as canções que pretendia trabalhar na próxima sessão agendada com o U2.

Da nova seção do site: U2 Songs (antigo U2 Wanderer)com colaboração de Ken Kiernan, Paul Mcilwain, Frank Kearns, Valerie Hayde, Chas de Whalley, Mark Peterborough e Eamonn Creevy.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...