Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Vítimas feridas e parentes dos falecidos nos atentados à bomba na Irlanda em 1974, estiveram presentes no show do U2 em Dublin pela turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE


Do site Irish Times:

Homens e mulheres que ficaram feridos nos atentados em Dublin e Monaghan em 1974 – bem como as famílias daqueles que perderam suas vidas na tragédia – falaram de sua esperança de que o U2 pode ajudar na sua busca por justiça.
A banda iniciou uma série de concertos em Dublin ontem, apresentando a música "Raised By Wolves", que destaca a perda de vidas nessa atrocidade sem solução até hoje.
A canção traz fotos das vítimas dos atentados e o som no palco, das explosões das bombas.
A banda convidou para o show na 3Arena, vítimas que ficaram feridas e parentes dos 34 falecidos. Um grupo de cerca de 30 pessoas foi juntado pelo Justice For The Forgotten, e estiveram presentes ontem à noite, e mais pessoas serão convidadas da banda novamente esta noite.
Theresa Ryan, que perdeu sua mãe Maureen Shields (42) em uma explosão de um dos carros bomba, em Dublin, na Talbot Street, morava na mesma rua que Larry Mullen quando ele estava crescendo – Avenida Rosemount em Artane.
"Gostaríamos de ter visto eles crescendo. Ele sempre estava tocando bateria em sua garagem", ela se lembrou.
"Não sei se isso vai mudar alguma coisa. Mas para nós, queremos conseguir dar um fim nisso, que obviamente ainda não tivemos; alguém para confessar e dizer 'nós somos responsáveis'. Pessoas podem perguntar por que precisamos saber sobre isto agora, mas há 40 anos....., todas aquelas pessoas foram mortas sem motivo."
A mãe de Theresa, havia dirigido até a Talbot Street para surpreender o marido dela, Leo, que trabalhava numa loja de roupas, Guiney. Ela planejava lhe dar uma carona para a casa da família em Artane. Ela foi morta na explosão do lado de fora da loja.
A família não sabia que sua mãe estava no local. E enquanto seu pai estava dentro da Guiney e saiu ileso da explosão, pelas primeiras horas da manhã seguinte, quando não se sabia nada sobre Senhora Shields, eles começaram a temer o pior.
"Mamãe não voltou", disse Theresa Ryan. "Meu irmão Aidan tinha 19 anos na época, quatro anos mais velho que eu. Quando ele voltou para casa naquela noite... ele teve que ir para os hospitais, e quando isso não deu resultado, foi para a funerária. Ele nunca fala sobre isso. Meu pai morreu meses depois. Ele nunca superou isso."
Theresa Ryan foi para a faculdade em Limerick, depois que o pai dela morreu, enquanto seu irmão permaneceu na casa de família em Artane. Sua irmã de 11 anos de idade foi morar com uma tia e um tio em Tipperary.
"Você não percebe isso no momento, eu acho, mas isso significava que estávamos todos separados."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...