Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Será que o ex empresário Paul McGuinness tinha poder em decidir quais canções seriam tocadas ou não em um show do U2?


Em um chat com fãs do U2 no ano de 1997, o empresário da banda na época, Paul McGuinness, respondeu à um fã que lhe perguntou se ele tinha poder em decidir quais canções entrariam ou não em um setlist de shows.

"Eu tenho uma opinião. Eu não chamaria isto de um veto. Um dos nossos rituais é que temos um post-mortem após cada concerto e discutimos o que funcionou nele, e o que não funcionou. Os 4 membros da banda, e eu. E na Popmart, o produtor Howie B também. Ele entende muito mais de música do que eu.
É a velha técnica comunista chinesa da cruel auto-crítica. Porque um dia depois eu já não consigo me lembrar muito do show. Então certamente eu dou sugestões sobre o que deve ou não deveria estar no setlist.
No começo da Popmart, eles decidiram que "I Still Haven't Found What I'm Looking For" e "Pride (In The Name Of Love)" não fariam parte dos setlists. Eu realmente achei isto muito ruim.
Eu falei que eu ainda encontro muitas pessoas que querem "Sunday Bloody Sunday" e "Bad" nos shows, e elas não estão sendo tocadas. Quem sabe elas não apareçam no setlist até o final da turnê?"

McGuinness disse que a banda havia decidido que não tocariam "I Still Haven't Found What I'm Looking For" e "Pride (In The Name Of Love)". Mas elas foram tocadas já no primeiro show da turnê em Las Vegas, em abril de 1997. Ou seja, a "opinião" de McGuinness prevaleceu.

A banda não estava incluindo nos shows da mesma turnê, as canções "Sunday Bloody Sunday" e "Bad". E como McGuinness disse no chat, realmente a banda incluiu as duas canções nos shows mais tarde. Mais uma "opinião" de McGuinness que prevaleceu.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...