Anúncios

sábado, 25 de julho de 2015

U2 utiliza armazenamento de arquivos na nuvem em sua turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE


Normalmente, as produções das turnês armazenam direto em um sistema, os visuais que utilizam nas telas de vídeo durante um show.
No entanto, se houver uma mudança ou se algo precisar ser adicionado no show, precisam ser fisicamente copiados para o sistema, geralmente com uma tradicional unidade USB. Isto é problemático, por muitas razões — e se a unidade for perdida, roubada ou não puder ser entregue para a equipe de tecnologia a tempo de o show começar?
O U2 está usando uma técnica diferente e muito mais moderna para sua turnê iNNOCENCE + eXPERIENCE, com a ajuda da empresa de armazenamento na nuvem, EMC. Se o U2 quiser mudar o setlist de noite para noite — ou trocar músicas na manhã de um concerto, o que muitas vezes acontece — sua equipe pode atualizar o visual a ser utilizado, e entregá-los em tempo hábil para ser usado nas telas.
"O gerente de palco do U2 se reúne com a banda todo dia para repassar o setlist. No passado, uma mudança poderia significar criar algo novo ou modificar uma parte existente em um laptop e, em seguida, passar pelo processo de copiá-lo para os sistemas do show, que podem levar muito tempo", disse Chris Ratcliffe, VP sênior da EMC Core Technologies. "Agora, o U2 armazena tudo em um só lugar e já está imediatamente disponível. Então mesmo se eles decidirem fazer algo diferente durante o show, a equipe de vídeo pode facilmente trazer as peças relevantes".
Mas como o armazenamento na nuvem baseia-se na Internet para se trabalhar — e conectividade sem fio não é sempre confiável em grandes eventos — o U2 utiliza uma unidade de tecnologia local (on-premise, do tamanho de uma caixa pequena) que viaja com a banda, para que eles tenham acesso aos dados mesmo que não haja uma conexão com a web no local.
O U2 também depende da EMC para arquivar os streams de videos HD de cada uma das 28 câmeras usadas durante o show. Merchandise é cada vez mais importante para os músicos no mundo cada vez mais digital de hoje. Capturando e salvando as imagens de cada uma das 28 câmeras durante cada show da turnê, a banda pode decidir mais tarde como rentabilizar esses arquivos, por exemplo, disponibilizando para venda os vídeos de toda a turnê, e não só de uma noite.
A nova turnê do U2 não é só para os fãs da banda; é para quem quer se divertir e quer uma previsão do futuro tecnológico de apresentações ao vivo.

Do site: Mashable
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...